CIDADES

min de leitura - #

Jandaia do Sul adquire aparelhos de ar-condicionado para escolas

Adriana Savicki

| Edição de 14 de junho de 2022 | Atualizado em 14 de junho de 2022
Imagem descritiva da notícia Jandaia do Sul adquire aparelhos de ar-condicionado para escolas

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

No segundo semestre, os 1,7 mil alunos da rede municipal de Jandaia do Sul vão estudar em ambientes climatizados. Os aparelhos de ar condicionado já foram entregues e devem ser instalados em todas as salas de aulas nas escolas municipais e centros municipais de educação infantil.

Segundo a prefeitura, o investimento na aquisição dos aparelhos para as 10 unidades escolares soma R$ 482 mil, com recursos de R$ 350 mil de emenda parlamentar do deputado federal Luizão Goulart e R$ 132 mil de recursos do caixa municipal.

Segundo a diretora de Educação, Meire Bueno, as unidades de ensino da rede começam a receber os equipamentos nas próximas semanas. A meta é que todos os equipamentos estejam instalados até meados de agosto.

“Ter um ambiente escolar mais confortável é importante e contribui para a qualidade do aprendizado como um todo”, afirma Meire, destacando que a climatização visa melhorar a qualidade de vida dos alunos tanto no inverno quanto no verão.

A aquisição dos climatizadores integra um programa de melhorias da educação. No início do mês, a prefeitura fez a entrega dos kits de uniforme escolar. Os alunos receberam mochila, estojo, jaqueta, duas camisetas, calça e duas bermudas. Os alunos do ensino fundamental também receberam um par de tênis, enquanto as crianças do ensino infantil receberam um par de meias emborrachadas.

Segundo Meire, a Educação de Jandaia do Sul também vem priorizando o investimento em novas tecnologias da educação.

A prefeitura está com uma licitação em andamento para contratação de uma empresa especializada para fornecer equipamentos para informatização das escolas. O investimento estimado é de R$ 1,7 milhão para dotar as unidades de chromebooks e plataformas microkids, além da instalação de telas digitais e câmeras de reconhecimento facial. “É um investimento em tecnologia e inovações”, comenta a secretária.