ECONOMIA

min de leitura

Confiança da construção civil recua 1,4 ponto em maio, diz FGV

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 26 de maio de 2022 | Atualizado em 26 de maio de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O Índice de Confiança da Construção (ICST), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 1,4 ponto de abril para maio deste ano. Com isso, o indicador chegou a 96,3 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos.

Imagem ilustrativa da imagem Confiança da construção civil recua 1,4 ponto em maio, diz FGV
Imagem ilustrativa da imagem Confiança da construção civil recua 1,4 ponto em maio, diz FGV

O Índice de Situação Atual, que mede a confiança do empresariado da construção no presente, recuou 1,9 ponto e atingiu 92,5 pontos, influenciado principalmente pela piora das avaliações dos empresários sobre a situação atual dos negócios.

Já o Índice de Expectativas, que mede a percepção dos empresários sobre o futuro, caiu 0,7 ponto e chegou a 100,3 pontos, devido principalmente às perspectivas sobre a demanda nos próximos três meses.

O Nível de Utilização da Capacidade (Nuci) da construção ficou relativamente estável ao variar 0,2 ponto percentual, para 76%.