CIDADES

min de leitura - #

Apucarana amplia em mais de 700% atendimentos de saúde mental

Da Redação

| Edição de 10 de outubro de 2022 | Atualizado em 10 de outubro de 2022
Imagem descritiva da notícia Apucarana amplia em mais de 700% atendimentos de saúde mental

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Onúmero de atendimentos de saúde mental ofertados na rede pública de saúde municipal de Apucarana disparou nos últimos dois anos. De janeiro a agosto deste ano, segundo dados divulgados ontem pela Autarquia Municipal de Saúde (AMS) foram 17.796 atendimentos na área de psicologia e psiquiatria. O número é 73% maior que o total de atendimentos de todo ano passado e é mais de oito  vezes maior (763%) que o registrado em 2020, primeiro ano da pandemia da Covid-19 (ver info). 

O luto causado pela pandemia, o isolamento social e as perdas decorrentes da covid-19, segundo especialistas, foram as grandes causas do aumento da demanda na área. A maior oferta do serviço também tem impacto no aumento. 

A prefeitura de Apucarana reforçou neste período o quadro de psicólogos e psiquiatras da AMS. Com essa medida foi possível dotar cada Unidade Básica de Saúde (UBS) do município com atendimento de psicólogo e ainda implantar um programa de promoção da saúde mental direcionado a todos os alunos da rede estadual. “Colocamos psicólogo em todos os 18 colégios estaduais da cidade. A saúde mental é uma preocupação da nossa gestão para que possamos dar mais qualidade de vida às pessoas”, afirma o prefeito Junior da Femac.

O secretário municipal da saúde, Emídio Bachiega, informa que Apucarana conta uma rede atenção psicossocial composta por CAPS AD (voltado ao atendimento de pessoas em uso abusivo de álcool e outra drogas), CAPS IJ (atendimentos prestados a crianças e adolescentes em sofrimento psíquico e/ou transtorno mental grave e persistente). 

“Além dos profissionais junto às escolas e em em todas as UBS do município, onde buscam realizar o apoio e acolhida frente às demandas da região, temos o suporte do Ambulatório de Alto Risco em Saúde Mental do CISVIR”, relaciona Bachiega.

A psicóloga da AMS, que atende as UBSs da Vila Formosa e Vila Apucaraninha, Carla Hayashi, destaca a importância desse trabalho de saúde mental na atenção básica de saúde e nas escolas. “Assim, temos a possibilidade de identificar precocemente as condições de saúde mental no território do próprio do indivíduo. É possível intervir, promovendo a saúde mental e prevenindo agravos”, avalia Carla.


Mais ações para crianças e adolescentes

A secretária municipal de educação, Marli Fernandes, reitera que o município vem reforçando as ações de proteção às crianças e aos adolescentes no contexto pós-pandemia. “Os alunos da rede municipal são atendidos pelos psicopedagogos e psicólogos do Centro de Apoio Multiprofissional ao Escolar (CAME) e por meio do projeto Olhar Acolhedor, desenvolvido em parceria pela Autarquia de Educação e a Faculdade de Apucarana”, informa Marli.

O atendimento dos psicólogos na rede estadual de ensino começou em março deste ano e os reflexos positivos já são comprovados. “Esse atendimento está sendo de muita relevância, contribuindo com o andamento da atividade escolar. Após a pandemia, alunos com quadro de ansiedade e depressão não queriam retornar à escola. Agora, os estudantes assistidos apresentam melhora do comportamento e no rendimento escolar”, relata o diretor do Colégio Estadual Cívico Militar Padre José Canale, Robson Antonio Desidera. Ontem foi comemorado o Dia Mundial da Saúde Mental.