CIDADES

min de leitura - #

Apucarana aparece com destaque no novo mapa do turismo brasileiro

Da Redação

| Edição de 06 de abril de 2022 | Atualizado em 06 de abril de 2022
Imagem descritiva da notícia Apucarana aparece com destaque 
no novo mapa do turismo brasileiro

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, divulgou o novo Mapa do Turismo Brasileiro, instrumento que reúne municípios que adotam o turismo como estratégia de desenvolvimento e identifica necessidades de investimentos e ações para promoção do setor em cada região turística do país. Dos municípios do Vale do Ivaí, apenas 13 estão no mapeamento de 2022 (ver box).

Um dos municípios em destaque é Apucarana. Na nova classificação nacional, o municípios está na categoria “C”, em um ranqueamento de “A” a “E”. “Essa categorização leva em consideração alguns critérios como trabalhadores formais nas atividades do turismo, número de estabelecimentos de hospedagem, estimativa de turistas (domésticos e internacionais) e arrecadação de impostos federais nos meios de hospedagem”, explica Maria Agar, secretária da Promatur. 

Os dados sobre o município são atualizados periodicamente através da Amuvitur (Associação dos Municípios do Vale do Ivaí Turismo), que é um órgão de governança regional do turismo, e da Paraná Turismo, órgão vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, responsável pelo Turismo no Paraná. “Para estar na categoria “C”, a cidade precisa ter no mínimo oito estabelecimentos de hospedagem, 56 empregados do setor, média anual de 670 turistas internacionais e 41,7 mil turistas domésticos, e arrecadação federal média de R$488,6 mil”, revela Maria Agar. Segundo ela, a presença de Apucarana em destaque no novo ranqueamento é simbólica, pois o “Mapa do Turismo reúne municípios com real vocação turística ou impactados pelo setor de viagem”.

O prefeito Júnior da Femac destaca que o setor recebe atenção especial por parte da administração municipal, o que justifica o crescimento do “status turístico da cidade” em nível nacional. “Apucarana tem um grande potencial para o turismo que, por falta de incentivo, ficou adormecido. Com envolvimento do poder público e ousadia de empreendedores privados, estamos deixando esta página no passado, como mostra o novo mapa do turismo nacional”, diz o prefeito.

Júnior cita que o município é polo de uma grande região. “Gradativamente, através da nossa Promatur, temos ampliado a divulgação das nossas belezas naturais, novos roteiros turísticos, nossa gastronomia e nossa força econômica”, diz o prefeito, destacando o portal na internet “Turismo em Apucarana”, atualizado diariamente e que pode ser acessado pelo endereço http://www.visiteapucarana.com.br. 

Um exemplo recente de incentivo ao setor do turismo, cita Júnior da Femac, é a estruturação de roteiros temáticos como o da Estrada Bela do Barreiro, na região do Contorno Norte de Apucarana. “Projetos que vão tornando a cidade ainda mais atrativa à visitação e conhecida como destino turístico, e que também está gerando interesse da Paraná Projetos, para que possam ser replicados em outros municípios do Estado”, elenca o prefeito, lembrando ainda do turismo de negócios. “Somos o maior pólo de produção de roupas, com destaque para o boné, jeans e camiseta”, complementa. 

Vale do Ivaí tem atrativos religiosos e de aventura 

Com 15 regiões turísticas cadastradas e reconhecidas, o Paraná possui 210 cidades no novo Mapa do Turismo Brasileiro, divulgado pelo Ministério do Turismo. Isso quer dizer que 52% dos municípios do Estado estão dentro do radar nacional. 

O Mapa é um instrumento que reúne municípios que adotam o turismo como estratégia de desenvolvimento e identifica necessidades de investimentos e de ações para a promoção do setor em cada região. Uma das 15 regiões registradas é o Vale do Ivaí, onde constam, além de Apucarana, os municípios de Bom Sucesso, Borrazópolis, Cambira, Faxinal, Ivaiporã, Jardim Alegre, Lunaderlli, Marilândia do Sul, Mauá da Serra, Rosário do Ivaí, São João do Ivaí e São Pedro do Ivaí.

Entre os atrativos descritos no mapa estão os santuários religiosos, como o de Santa Rita de Cássia, em Lunardelli, e o de Santo Expedito, em Apucarana, formando a Rota da Fé. Os recursos naturais e o setor agrícola também são apontados como destaque por favorecer as atividades de Turismo Rural, Ecoturismo, Turismo de Pesca e Turismo de Aventura. Faxinal, Borrazópolis, Rosário do Ivaí, Grandes Rios e Mauá da Serra oferecem atividade num novo Vale da Aventura. .