CIDADES

min de leitura - #

Apucarana ocupa a 7ª posição em geração de empregos em novembro

Da Redação

| Edição de 06 de dezembro de 2022 | Atualizado em 06 de dezembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Apucarana ocupa a 7ª posição em geração de empregos em novembro

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Com a colocação de 257 trabalhadores, Apucarana é a sétima cidade do Paraná que mais gerou empregos com carteira assinada no mês de novembro via Agência do Trabalhador. O dado integra o ranking de desempenho das 216 agências do do Paraná, divulgado anteontem pela Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho (SEJUF).

O prefeito Junior da Femac afirma que o bom desempenho é resultado de um trabalho constante, visando incentivar a geração de empregos em Apucarana. “A Prefeitura atua através dos cursos do Programa Portas Abertas que já capacitou mais de 2.300 pessoas. Outra ação ocorre na atração de novos empreendimentos, além do apoio prestado à indústria e ao comércio já estabelecidos na cidade, como por exemplo com a campanha de Natal. Quem gera os empregos são os empresários e empresárias e somos gratos por isso”, assinala Junior da Femac.

Neno Leiroz, gerente da Agência do Trabalhador de Apucarana, afirma que a agência atua na intermediação da mão de obra, recebendo diariamente das empresas as vagas de emprego disponíveis. “Estamos colocando em prática diversas iniciativas para aumentar o índice de preenchimento de vagas. No período de janeiro a novembro, já totalizamos 1.855 trabalhadores colocados”, informa.

No mês de novembro, Neno Leiroz afirma que uma das ações que contribuiu para o resultado foi o mutirão de emprego do setor do comércio. Outra estratégia adotada é a busca ativa dos trabalhadores. 

O secretário municipal de Indústria, Comércio e Emprego, Edison Estrope, reitera que a Prefeitura conta com a parceria das empresas. “É realizado um trabalho em conjunto e a estrutura da Agência do Trabalhador é colocada à disposição dos empresários. Muitas empresas têm vindo fazer as entrevistas dentro da agência, visando acelerar o processo de contratação”, cita Estrope.

Curitiba lidera o ranking de novembro com 471 colocações, seguida por Campina Grande do Sul (433), Francisco Beltrão (419), Cascavel (363), Campo Largo (278), Pato Branco (262) e Apucarana (257).