CIDADES

min de leitura - #

Arapongas inaugura pronto-socorro infantil

Fernanda Neme

| Edição de 24 de julho de 2018 | Atualizado em 25 de janeiro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A Prefeitura de Arapongas inaugurou ontem o Pronto-Atendimento Infantil (PAI) “Carlos Pugliese Júnior”, localizado na Rua Tico-Tico Rei, no Jardim Caravelle, em anexo à Unidade de Pronto-Atendimento 24 Horas (UPA). Com 321 metros quadrados de área construída, a obra custou R$ 553.753,59. Os recursos são do próprio município. 

A solenidade de inauguração contou com a presença do prefeito Sérgio Onofre da Silva (PSC), do vice-prefeito e secretário de Obras, Jair Milani (PP), do secretário da Saúde de Arapongas, Moacir Paludetto Júnior, além de familiares do dentista que deu nome ao novo Pronto-Atendimento. 
O pronto-socorro infantil conta com recepção, brinquedoteca, sala de amamentação, sanitários (feminino e masculino), fraldário, sanitário para portadores de necessidades especiais, sala de triagem, farmácia 24 horas e dois consultórios.

Imagem ilustrativa da imagem Arapongas inaugura pronto-socorro infantil


A obra do PAI foi iniciada em 2016, mas paralisada ainda no mesmo ano. Em janeiro de 2017, logo após a posse do prefeito Sérgio Onofre, a construção foi retomada e finalizada em outubro. “A conclusão deste prédio sempre foi muito esperada pela população. Por isso, tornou-se uma de nossas prioridades. Neste novo espaço vamos oferecer um atendimento digno e serviços de profissionais especializados no atendimento ao público infantil”, ressalta o prefeito, que destacou o homenageado Carlos Pugliese Júnior (in memoriam). “Foi um pai e um profissional dedicado, apaixonado por crianças”, pontuou Onofre. Carlos Pugliese Júnior é pai do ex-prefeito Beto Pugliese (PSC), que prestigiou a solenidade. 
O secretário da Saúde de Arapongas, Moacir Paludetto Júnior, explica que o Pronto-Atendimento Infantil ficará aberto diariamente, 24 horas, e terá capacidade para atender diariamente até 150 crianças de 0 a 11 anos. Hoje, esse público era atendido na UPA 24 Horas e nas Unidades de Atendimento 18 Horas. “Com toda a nossa equipe capacitada, vamos levar um atendimento humanizado, em um ambiente acolhedor. Cerca de 25% dos atendimentos realizados hoje nos 18 horas e na UPA eram destinados às crianças. Com esse novo espaço, vamos otimizar o atendimento”, salienta. 
Paludetto Júnior explica também que o atendimento do PAI será de acordo com a necessidade de cada paciente. “Não levaremos em conta a ordem de chegada e, sim, a prioridade, ou seja, atenderemos urgência e emergência primeiro. Os quadros serão classificados por uma tabela de cores que irá indicar se a criança corre risco de morte ou não”, complementa.