CIDADES

min de leitura - #

Celebrações de Corpus Christi reúnem milhares de católicos

Adriana Savicki e Ivan Maldonado

| Edição de 02 de junho de 2018 | Atualizado em 25 de janeiro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Com tempo bom, milhares pessoas participaram na tarde de ontem das celebrações de Corpus Christi na região. Em Apucarana,  a celebração com maior público foi a da Catedral, cuja missa foi realizada na Avenida Curitiba, seguida de procissão do Santíssimo até as escadarias da igreja, onde  a celebração foi encerrada pelo monsenhor Roberto Carrara. 

Imagem ilustrativa da imagem Celebrações de Corpus Christi reúnem milhares de católicos

A procissão deste ano abriu espaço para o cenário político atual. A greve dos caminhoneiros foi citada durante a missa, durante leitura de uma carta da Conferência Nacional de Bispos do Brasil (CNBB) que demonstra preocupação da Igreja com a crise, bem como faz uma defesa da democracia. 
“Nenhuma solução que se utilize da violência ou prejudique a democracia pode ser admitida como saída para a crise”, cita o documento, que frisa que  “qualquer solução que atenda a lógica do mercado e aos interesses partidários antes das s necessidades do povo, especialmente dos mais pobres, nega a ética e se desvia do caminho da justiça”, destaca.
Após a celebração, um grupo de estudantes fez uma manifestação em defesa da democracia em resposta aos pedidos de intervenção militar que se destacaram durante a manifestação dos caminhoneiros. 

REGIÃO
Em Ivaiporã, mais 3 mil católicos participaram da missa e procissão. Para os católicos, o dia de Corpus Christi celebra solenemente o mistério da Eucaristia. 
A missa ocorreu às 15 horas na Paroquia Santíssima Mãe de Deus e foi ministrada pelo bispo emérito de Manaus, Dom Luiz Soares Vieira, depois os fiéis seguiram em procissão por aproximadamente até a Paróquia Bom Jesus, onde foi realizada a bênção do Santíssimo.
Dom Luiz explicou que a data lembra o sacramento da eucaristia e a presença de Jesus Cristo. “A eucaristia foi deixada para nós por Jesus, a presença real Dele no pão e no vinho que são consagrados na Missa”.  (ADRIANA SAVICKI E IVAN MALDONADO)