CIDADES

min de leitura - #

Com estoque baixo, Hemonúcleo amplia atendimento

Silvia Vilarinho

| Edição de 14 de junho de 2022 | Atualizado em 14 de junho de 2022
Imagem descritiva da notícia Com estoque baixo, Hemonúcleo amplia atendimento

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Comemorado ontem, o Dia Mundial do Doador de Sangue gerou um alerta da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) para que os doadores compareçam nas unidades de coleta do Estado para realizar a doação. A partir de junho, com a diminuição das temperaturas e devido ao início do inverno, o número de doações costuma cair, comprometendo os estoques de sangue dos hemonúcleos.

Em Apucarana por exemplo, o estoque está baixo. Por mês são usadas entre 800 a 900 bolsas de sangue, porém, são em média 600 doações mensais. “Estamos sempre precisando de doações, temos coletado em média 600 bolsas de sangue por mês, mas não é o suficiente, pois atendemos além do Hospital da Providência, hospitais da região, como o Honpar, Santa Casa, Instituto do Rim, e são usadas em média entre 800 a 900 bolsas, então precisamos e muito dos doares de sangue”, disse Marta Maria Galvão Harder, assistente social do Hemonúcleo. 

Para melhor atender os doadores de Apucarana e região, o hemonúcleo ampliou o horário de doações. “Atendendo as queixas de pessoas que não conseguiam vir realizar doação por causa do horário, estamos atendendo de forma especial em todo segundo sábado do mês, das 8h às 11h, e toda terceira terça-feira do mês, das 17h às 19h30, mas é preciso agendar a doação através do número (43) 3420-4200” explica 

No Paraná, existem 23 Unidades de coleta, armazenamento e distribuição de sangue para 385 hospitais públicos, privados e filantrópicos, além de atender 92,8% de leitos SUS. Para manter o estoque adequado do banco de sangue são necessárias muitas doações. O ideal é que cada pessoa doe sangue pelo menos duas vezes ao ano. (SILVIA VILARINHO)