CIDADES

min de leitura - #

Construção do Ambulatório Médico de Especialidades de Ivaiporã é autorizado

Da Redação

| Edição de 30 de março de 2022 | Atualizado em 30 de março de 2022
Imagem descritiva da notícia Construção do Ambulatório Médico de
Especialidades de Ivaiporã é autorizado

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Ivaiporã é um dos  municípios paranaenses contemplados com a construção de nove novos Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs), conforme anunciado ontem pelo Governo do Estado. O investimento total estimado é de quase R$ 127 milhões e a expectativa é que pelo menos 183 mil consultas por mês sejam realizadas nessas unidades. Também foram contemplados os municípios de Campo Mourão, Cornélio Procópio, Paranavaí, União da Vitória, Irati, Cianorte, Paranaguá e Ponta Grossa.

O prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil, destaca que a unidade vai representar um avanço na área de saúde. “É um ganho não apenas para a população de Ivaiporã, mas para mais de 15 municípios da 22ª Regional de Saúde. Hoje, por exemplo, mandamos pacientes de dermatologia para Curitiba. Os pacientes levam até 12 horas de ida e volta para um exame de pouco mais de meia hora”, comenta. O ambulatório será construído em um terreno de 8,1 mil metros quadrados doado pela prefeitura e localizado nas imediações da Ciretran. O AME abrigará 22 consultórios e sete salas de exames incluindo radiologia.

O prefeito também destaca o avanço da regionalização do atendimento de saúde. “A gente tem que agradecer esse passo para descentralização da saúde que é uma bandeira tanto do governador Ratinho Junior quanto do secretário Beto Preto”, comenta.

A proposta de regionalização da saúde no atendimento à população começou a ser desenvolvida em 2019. “Enxugamos a máquina pública com a missão de investir onde a população mais precisa e estamos cumprindo essa proposta ao lado do secretário Beto Preto. Com mais esse investimento, viabilizamos a regionalização, levando atendimento multiprofissional de qualidade para mais nove regiões de saúde do Paraná”, disse o vice-governador do Paraná, Darci Piana.

De acordo com o secretário de Saúde, Beto Preto, o objetivo é fazer com que os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) possam receber atendimento especializado em diversas áreas da saúde, sem se deslocar por longas distâncias. “O Governo do Estado tem se dedicado a encurtar distâncias, serão várias unidades em todo o Paraná que irão possibilitar a ampliação de serviços públicos de qualidade em diferentes áreas médicas, tudo isso próximo a casa do usuário, que não precisará viajar por grandes distâncias para receber atendimento especializado”, explicou.