CIDADES

min de leitura - #

Dom Braz de Aviz comemora 50 anos de ordenação em Apucarana

Fernando Klein

| Edição de 25 de novembro de 2022 | Atualizado em 25 de novembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Dom Braz de Aviz comemora 50 anos de ordenação em Apucarana

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A Catedral Nossa Senhora de Lourdes, de Apucarana, foi o local escolhido pelo cardeal Dom João Braz de Aviz para celebrar neste sábado (26) os seus 50 anos de ordenação sacerdotal. A missa do jubileu de ouro será realizada às 11 horas com a presença de autoridades civis e eclesiásticas de toda a região.

Natural de Mafra (SC), Dom João Braz de Aviz morou durante a infância em Borrazópolis, no Vale do Ivaí. Foi ordenado padre por Dom Romeu Alberti em 26 de novembro de 1972 na Catedral Nossa Senhora de Lourdes, quando iniciou sua trajetória eclesiástica até chegar ao Vaticano, onde hoje atua como assessor direto do papa Francisco. 

O cardeal não esconde a emoção de celebrar os 50 anos de vida sacerdotal em Apucarana, onde foi seu berço vocacional. “Vivi desde pequeno em Borrazópolis, dos meus dois anos para frente, vindo de Santa Catarina, e depois na Diocese desde 1964 para cá. É onde eu respirei o meu ar de formação, onde eu cresci e fui educado, onde amei meu povo e aprendi a vida. Tudo isso diz muito pra gente. Tanto que vou (neste sábado) para essa missa na Catedral carregado de toda essa história”, assinalou nesta sexta-feira, em entrevista coletiva ao lado do bispo Dom Carlos José de Oliveira. 

Ele afirma que atuar ao lado do Papa Francisco representa um aprendizado. O cardeal observa que não se reúne diariamente com o pontífice, mas participa de forma conjunta de reuniões de planejamento e outros encontros. “Ele (Papa Francisco) não fala muito, mas escuta muito”, diz. 

Dom João Braz comenta um momento que marcou seu coração quando o Papa, em uma discussão religiosa, escutou 400 relatórios de quatro minutos cada sem falar uma única palavra e no final disse: “Vejo aqui o transbordamento do conflito, não vejo aqui o transbordamento da misericórdia”.

Ele compara essa declaração do pontífice ao momento atual do Brasil, marcado por divisões políticas. “Como nós precisamos hoje no Brasil do encontro das partes e não da separação das partes! Como precisamos encontrar uma pequena estrada que dê para entrar e se entender. Nós somos feitos brasileiros, a terra nossa, é nosso o caminho que fizemos”, disse.

A missa deste sábado (26), às 11 horas, na Catedral de Apucarana contará com a participação do bispo Dom Carlos José de Oliveira e de padres de toda a Diocese de Apucarana.

PERFIL

Ordenado em Apucarana, Dom João Braz, de 75 anos, atuou em várias paróquias da região. Em 2011, foi nomeado pelo Papa Bento XVI como Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedade de Vida Apostólica no Vaticano, sendo o quarto brasileiro a chefiar um departamento no Vaticano. No ano seguinte, o pontífice o consagrou cardeal. (COM REPORTAGEM ALINE ANDRADE)