CIDADES

min de leitura - #

Drogas são apreendidas e incineradas na região

Da Redação

| Edição de 06 de julho de 2022 | Atualizado em 06 de julho de 2022
Imagem descritiva da notícia Drogas são apreendidas e incineradas na região

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Uma situação suspeita de embriaguez ao volante resultou na apreensão de mais de 300 kg de maconha no final da noite de anteontem na BR-369, em trecho que corta o município de Cambira. 

A situação teve início após uma equipe da Polícia Científica, que estava em deslocamento para Apucarana, voltando de um trabalho de levantamento realizado em Marumbi, visualizar um veículo Fiat Strada, de cor prata, transitando de forma perigosa, ziguezagueando pela pista.

Os policiais deram um alerta sonoro para que a caminhonete cedesse passagem, momento em que o condutor se assustou e invadiu a contramão da pista e caiu em uma valeta. Os ocupantes saíram da caminhonete e fugiram, sentido a uma plantação.

Após a fuga do condutor e passageiro, os peritos solicitaram apoio da Polícia Militar para verificação do veículo abandonado. 

Durante checagem, os policiais encontraram uma grande quantidade de maconha, que totalizou 332,090 kg.

Segundo a Polícia Militar, as placas do veículo não condiziam com a numeração do chassi. Outras duas placas com numeração diferente também foram encontradas no carro. O veículo e a droga foram encaminhados até a sede da 17ª SDP de Apucarana. Os suspeitos não foram localizados.


Mais de 300 quilos de drogas foram incinerados em Apucarana, na manhã de ontem. Para o procedimento autorizado pela Justiça, participaram equipes da Polícia Civil e da Polícia Militar (PM).

De acordo com o delegado chefe da 17ª Subdivisão Policial de Apucarana, foram incinerados 297,276 kg de maconha, 6,322 kg de cocaína e 2,862 kg de crack. “As drogas estavam nas delegacias de Apucarana e Jandaia do Sul e foram apreendidas pelas forças de segurança. Estamos participando da Operação Nacional nesta semana que combate as drogas e estamos participando da incineração”, explica. 

Ainda de acordo com o delegado, os 320 Kg de maconha apreendidos na região de Cambira não foram incinerados. “Não conseguimos em tempo uma autorização para a incineração de toda essa droga, mas provavelmente vamos fazer esse procedimento de destruição ns próximas semanas”, disse. 

O tenente da PM, Jair Machado, destacou o combate ao tráfico também inibe outros crimes. “O tráfico é a origem de diversos outros crimes, como furto, roubos, e a polícia tem trabalhando constantemente para retirar as drogas de circulação. Hoje acontece essa destruição e esse trabalho vai continuar, vamos continuar trabalhando pesado contra o tráfico”, ressalta. (SILVIA VILARINHO)