CIDADES

min de leitura - #

Ensino de línguas estrangeiras ganha escolas e sobe ao palco

Da Redação

| Edição de 25 de outubro de 2022 | Atualizado em 25 de outubro de 2022
Imagem descritiva da notícia Ensino de línguas estrangeiras ganha escolas e sobe ao palco

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O Cine Teatro Fênix recebeu, na noite de anteontem (24), o 7º Festival de Línguas Estrangeiras Modernas da rede municipal de educação de Apucarana. Na ocasião, estudantes de trinta e cinco escolas apresentaram aos seus pais e à comunidade um pouco daquilo que vêm aprendendo, ao longo do ano letivo, nas aulas de Inglês e Espanhol. 

O prefeito Junior da Femac frisou que Apucarana é um dos poucos municípios brasileiros que ofertam o ensino de línguas estrangeiras aos estudantes da educação infantil e dos anos iniciais do ensino fundamental. “Em 2014, nós unificamos o currículo da rede municipal e implantamos a disciplina de Inglês na grade de conteúdos que as crianças devem aprender. Desde 2020, o componente de Língua Espanhola também foi incluído no currículo escolar. E, neste ano, a Autarquia de Educação ainda iniciou a implantação gradativa do ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras) nas suas escolas, contemplando tanto os alunos surdos como os ouvintes”, detalhou.

Segundo a prefeitura, o festival foi criado justamente para celebrar o ensino multilíngue e propiciar que as crianças tenham contato com a cultura dos diversos países que têm o Inglês e o Espanhol como idiomas oficiais.

“O projeto é desenvolvido em duas etapas. Na primeira, os professores organizam eventos nas próprias escolas, envolvendo todos os estudantes, com apresentações de música, teatro, poesias e jograis nos idiomas estrangeiros. Já no segundo momento, os alunos que se destacam nas mostras das unidades de ensino são convidados a repetir a performance no palco do Cine Teatro Fênix, diante dos seus pais e familiares,” acrescentou a secretária de educação, Marli Fernandes.

“Apucarana tem o melhor IDEB do Paraná e foi eleita como a melhor educação do Brasil, no Prêmio Band Cidades Excelentes. Com certeza, o Inglês e o Espanhol no nosso ensino básico também influenciou nestas conquistas”, disse o vice-prefeito Paulo Vital.

Os coordenadores dos cursos de licenciatura em Letras-Inglês e Letras-Espanhol da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), professores Ana Paula Trevisani e Enrique Vetterli Nuesch, acompanharam as apresentações.

“Ensinar línguas estrangeiras às crianças é dar a oportunidade para que elas tenham contato com outras culturas e aprimorem o seu desenvolvimento cognitivo. Nós não podemos esquecer que o Inglês é a língua mais falada no mundo e o Espanhol é o idioma oficial da maioria dos países da América Latina,” disse professora Ana Paula Trevisani.