CIDADES

min de leitura - #

Força-tarefa contra dengue retira 80 t de materiais no dia D

Da Redação

| Edição de 22 de novembro de 2022 | Atualizado em 22 de novembro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Mais de 80 toneladas de objetos e resíduos que podem acumular água foram removidos nos municípios paranaenses no Dia D de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor das arboviroses dengue, chikungunya e zika, segundo balando da Secretaria de Estado da Saúde divulgado ontem.

Realizado sábado (19), o Dia D foi uma união de forças entre população, gestores municipais e profissionais da saúde e incluiu ações de conscientização sobre a importância das medidas de prevenção contra o mosquito, em várias regiões do Estado.

De acordo com o boletim semanal desta terça-feira (22), que corresponde ao período sazonal da doença iniciado em 31 de julho de 2022, o Estado soma três óbitos (residentes em Rolândia, Foz do Iguaçu e Maripá), com 1.538 casos confirmados em 179 municípios e 19.944 notificações da doença. São 76 casos a mais em relação à semana anterior.

Para o secretário da Saúde, Beto Preto, ações como o Dia D são essenciais para não só chamar a atenção da sociedade, mas também alertar sobre o perigo. “A dengue mata e a melhor maneira de impedir a proliferação da doença é cuidando dos nossos quintais, seguindo as orientações dos agentes de saúde e repassando a informação”, enfatizou o secretário. 

REGIÃO

Na região da 16ª Regional de Saúde de Apucarana, nenhum município está em epidemia. Os 17 municípios somam 44 casos neste ano epidemiológico. O município com maior número de registros é Jandaia do Sul (17), seguido de Arapongas (10) e Apucarana (6).