CIDADES

min de leitura - #

Governo autoriza curso de Direito no campus da Unespar em Apucarana

Da Redação

| Edição de 23 de março de 2022 | Atualizado em 23 de março de 2022
Imagem descritiva da notícia Governo autoriza curso de Direito no campus da Unespar em Apucarana

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O curso de Direito, em instituição pública gratuita, chega a Apucarana depois de 55 anos de espera. A implantação do curso na Universidade Estadual do Paraná (Unespar), Campus Apucarana foi autorizada ontem pelo governador Ratinho Junior. O ato foi assinado pelo vice-governador Darci Piana, pois o governador cumpria outra agenda, na companhia do secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, principal interlocutor do projeto junto ao governo do estado e a Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti). Serão abertas 40 vagas na primeira turma com vestibular previsto para este ano.

“Este é um momento histórico. Os pioneiros sempre lutaram pela integração deste curso ao ensino de Apucarana e agora, com o empenho do nosso governador Ratinho Junior, conseguimos solidificar esse antigo sonho”, enfatizou Beto Preto, destacando que a luta pela instalação do curso, na época na antiga Fecea, começou na gestão do prefeito Valmor Giavarina.

A assinatura foi acompanhada por uma comitiva de Apucarana liderada pelo prefeito Junior da Femac, que esteve na capital junto com o vice, Paulo Vital, o presidente da Câmara, Franciley Preto de Godoi, e o presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia), Wanderlei Faganello.

“Essa conquista histórica para Apucarana foi assegurada de imediato, com autorização do governador Ratinho Junior, a partir da força e garra do secretário de Saúde Dr. Beto Preto, que se empenhou ao máximo nessa luta”, enfatizou o prefeito Junior da Femac. Ele lembrou que o movimento pela criação do curso de Direito na antiga Fecea começou no final dos anos 60. 

O prefeito Junior reiterou que o curso de Direito era muito aguardado numa instituição pública de qualidade. “Era o sonho de muitas gerações. E a vitória veio com um grande trabalho de toda sociedade organizada, incluindo a Acia, OAB, Prefeitura e da própria Unespar/Fecea, contando com a forte representatividade do Beto Preto junto ao Governo do Estado. 

O superintendente Geral da SETI, Aldo Nelson Bona, revela que a implantação do curso atende a diretrizes de trabalho dadas pelo governador do Paraná. “Trata-se de um resgate histórico importante com o selo do Governo Ratinho Júnior. E o curso de Direito é uma demanda esperada pela população de Apucarana desde a década de 60”, contextualizou Bona.

O curso é histórico ainda, destaca o superintendente, por ser o primeiro a ser autorizado pelo Governo do Estado dentro da vigência da Lei Geral das Universidades do Paraná (LGU), aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (ALEP), e que estabelece parâmetros de equidade entre as unidades estaduais de ensino superior.

Acia e OAB destacam papel do ensino superior

Para o presidente da (Acia), Wanderley Faganello, a conquista é importantíssima. “Um curso de Direito, agora oferecido através de uma instituição pública que historicamente oferece um ensino público de qualidade é um ganho histórico não só para Apucarana mas, sobretudo, para toda a região. Com isso, abre-se mais oportunidades para nossos jovens, que não precisam mais sair da cidade ou região para ter acesso a uma formação superior gratuita em Direito”, pontuou Faganello.

O vice-prefeito de Apucarana, Paulo Vital, que é advogado, é um exemplo. “Eu mesmo fiz vestibular em 1993. Fiz UEM e UEL, passei na UEM e fui embora, formando-me em 1998. Imagine, assim como aconteceu comigo, quantos apucaranenses nestas décadas todas precisaram ir embora em busca de um curso de Direito gratuito”, comenta.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção Apucarana Marcio Marques Rei, destaca que curso gratuito de Direito representa um grande avanço. “Nossa cidade está localizada entre Londrina e Maringá, que já tem cursos gratuitos de Direito, agora, Apucarana está no mesmo patamar destas grandes cidades. O curso vai atrair muitos alunos e movimentação financeira para o município, então, toda a cidade só tem a ganhar”, disse o advogado.

O curso de Direito é ofertado em duas instituições privadas de Apucarana.

Preparativos para realização do primeiro vestibular

O diretor do campus de Apucarana Unespar, Daniel Gomes, também presente na solenidade, disse que a espera foi de mais de 50 anos. “Sou muito grato pelo trabalho de toda a equipe da Unespar, e tenho certeza de que essa conquista será muito boa para Apucarana e região”, assinalou Gomes, acrescentando que a Unespar passa por uma reorganização, buscando as adequações necessárias, para lançar o mais breve possível, ainda neste ano, o primeiro vestibular do curso de Direito. 

Segundo o professor, a expectativa é que o vestibular ocorra de modo que as aulas iniciem no segundo semestre. A instituição oferta 12 cursos e já realizou seu processo de seleção. “Esse seria um processo seletivo à parte”, afirma.