CIDADES

min de leitura - #

Ivaiporã autoriza início das obras de incubadora tecnológica na PR-466

Da Redação

| Edição de 20 de setembro de 2022 | Atualizado em 20 de setembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Ivaiporã autoriza início das obras de incubadora tecnológica na PR-466

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Com ordem de serviço assinada anteontem, a Prefeitura de Ivaiporã vai investir R$ 1,97 milhão para instalar uma incubadora tecnológica, que será construída no Rua Max Arthur Greipel, no Parque Industrial Porfírio Basso. O parque, na PR-466, é uma área estratégica de crescimento do município com instalações de novas indústrias e a construção do Parque de Exposições. 

A Incubadora Tecnológica oferecerá suporte a empreendedores para desenvolver ideias inovadoras e transformá-las em negócios de sucesso. Na estrutura haverá espaços de convivência e uso compartilhado, como salas de reuniões, auditório, escritórios administrativos e de apoio, serviços de portaria, copa, estacionamento e laboratórios de criatividade. Segundo a prefeitura, além de cidade polo em educação, saúde e serviços, a meta é tornar Ivaiporã em polo gerador de tecnologias inovadoras. O projeto envolve instituições de ensino superior parceiras - Univale UCP, Fatec (Faculdade de Tecnologia do Vale do Ivaí), Campus do IFPR (Instituto Federal do Paraná), além do Sesc e Senac.

“Vamos motivar os jovens com perfis de empreendedores voltados à inovação, em parceria com as faculdades de Ivaiporã, e estimular a geração de emprego e renda no município”, declarou o prefeito em exercício Marcelo Reis, ao comentar a assinatura da ordem de serviço junto ao prefeito licenciado Carlos Gil. 

Na visão do prefeito licenciado Carlos Gil, a Incubadora Tecnológica proporcionará oportunidade àqueles que concluem a faculdade e pretendem ingressar no mercado de trabalho. “Várias empresas do município que desenvolvem software poderão utilizar a Incubadora Tecnológica e contratar os jovens talentos de Ivaiporã. Um dos objetivos é desenvolver tecnologias especialmente ligadas ao agronegócio – sem excluir outras áreas da economia”, confessou Carlos Gil. 

O presidente do Conselho das Cidades Inteligentes da Associação Brasileira de Internet das Coisas (Abinc), Aleksandro Montanha, que reside em Maringá, participou da solenidade e afirmou que Ivaiporã está entre os polos tecnológicos do Brasil. “A pandemia comprovou que as pessoas não precisam se deslocar ao grandes centros para desenvolver um bom trabalho. Estando conectados e conhecendo os talentos do município podemos estimular o desenvolvimento de Ivaiporã. Por isso, é um privilégio participar deste momento e fazer parte desta equipe”, garantiu. 

Na próxima semana, Aleksandro Montanha visitará a Coreia do Sul para apresentar a Incubadora Tecnológica de Ivaiporã a convite da Agência de Promoção de Exportações e Investimentos da Coreia do Sul (Kotra). 

Após a assinatura da Ordem de Serviço tomou posse o Conselho Municipal de Inovação.