CIDADES

min de leitura - #

Jandaia integra ranking das 500 cidades mais sustentáveis do País

Fernando Klein

| Edição de 08 de julho de 2022 | Atualizado em 08 de julho de 2022
Imagem descritiva da notícia Jandaia integra ranking das 500 cidades mais sustentáveis do País

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Jandaia do Sul está entre os 500 municípios brasileiros – que inclui 43 cidades do Paraná - mais sustentáveis. É o que mostra o Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades (IDSC), ferramenta do Instituto Cidades Sustentáveis, divulgado nesta sexta-feira (8). O levantamento analisa o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). Os municípios são analisados em uma pontuação que mede o progresso total para o cumprimento dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que varia de 0 a 100. 

Jandaia do Sul ficou na 447ª posição, com 56,4 pontos. Dos 17 objetivos, o município atingiu 100% a ODS “Indústria, Inovação e Infraestrutura”, que trata da promoção de uma “industrialização inclusiva e sustentável” e na inovação. O município se destacou também nos objetivos “Saúde e bem-estar”, “Educação de qualidade” e “Cidades e comunidades sustentáveis”. 

O prefeito Lauro Junior (União Brasil) comemorou o resultado. “O desempenho de Jandaia do Sul nesse levantamento mostra que estamos no caminho certo, colocando em prática ações que buscam uma cidade mais inteligente, sustentável, desenvolvida e acolhedora”, disse. Lauro Junior, no entanto, afirma que essas ações precisam ser realizadas de forma conjunta por todos os prefeitos. “Temos que pisar no acelerador nessas ações, mas não de forma isolada, mas sim compartilhada pelos municípios. Dessa forma, todos vão figurar bem no ranking”, pondera. 

Ele lembrou da viagem recente feita por uma comitiva de prefeitos a Genebra, na Suíça. Lauro Junior integrou o grupo de administradores que conheceu a sede da Organização das Nações Unidas (ONU), dentro de um convênio internacional que visa a formação de gestores públicos e a captação de recursos para ações de desenvolvimento sustentável.

Entre as principais cidades da região, Apucarana ficou na posição 534 (nota 55,9), Arapongas em 675º lugar (nota 55,0), Faxinal em 2.735ª posição (nota 46,7) e Ivaiporã em 1.132º lugar (nota 52,4).

No Paraná, a cidade com maior destaque na implementação dos ODS foi São Jorge do Ivaí, no Noroeste do Estado, ocupando a 29ª posição no ranking, com 62,23 pontos. Curitiba ficou na posição 104, com nota 60,12.

O Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil (IDSC-Br) avaliou os avanços e desafios de todas as 5.570 cidades do País. Ele é fruto de uma parceria entre o Instituto Cidades Sustentáveis, entidade que estimula a melhoria da qualidade de vida nas cidades brasileiras, e a SDSN (UN Sustainable Development Solution Network), iniciativa que nasceu dentro da própria ONU.