CIDADES

min de leitura - #

Operação Feriado vai fiscalizar uso de máscaras em parques

DA REDAÇÃO

| Edição de 04 de setembro de 2020 | Atualizado em 25 de janeiro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Apucarana vai intensificar neste final de semana de feriado prolongado a fiscalização sanitária junto aos parques municipais Jaboti e Ecológico da Raposa. Batizada de “Operação Feriado”, os agentes públicos vão fiscalizar o uso de máscaras de proteção contra o novo coronavírus (Covid-19) e coibir aglomerações. Segundo a Secretaria de Saúde há uma preocupação crescente nesses locais.

Os detalhes da ação foram definidos ontem, na Prefeitura de Apucarana, em uma reunião que contou com a presença do prefeito Júnior da Femac, do comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar do Paraná (BPM), tenente-coronel Roberto Francisco Cardoso, do comandante da Guarda Civil Municipal (GCM) Reinaldo de Andrade, e representantes do Autarquia Municipal de Saúde (AMS) e setor de trânsito da prefeitura.
Além de barreiras sanitárias nos acessos aos parques, os agentes municipais de Saúde, guardas civis municipais e policiais militares vão patrulhar a área e realizar abordagens quando necessário. “É um feriado prolongado, com previsão de tempo bom, por isso esperamos um grande número de pessoas em nossos parques. Pedimos que sigam as recomendações, levem álcool 70º para higienização das mãos e usem a máscara. A fiscalização vai estar presente, levando orientação e exigindo o cumprimento das regras”, disse Emídio Bachiega, vice-diretor da AMS. 
O risco de proliferação do vírus foi pontuado pelo tenente-coronel Roberto Cardoso. Ele relata que a corporação tem rastreado o aumento de pessoas nos parques e verificado que ainda é necessária uma maior conscientização. “Por isso vamos estar junto a “Operação Feriado” cobrando do cidadão o uso da máscara e impedindo que haja aglomeração. Sabemos que uma pessoa contaminada, mesmo que ela não tenha conhecimento, pode transmitir para muitas outras caso não haja a prevenção adequada e é isso que queremos evitar”, disse. 
O prefeito Junior da Femac destaca que o uso da máscara de proteção é obrigatório por lei federal, estadual e municipal. “Não tem mais como a pessoa alegar desconhecimento, além do mais é um equipamento de proteção à vida que tem feito a diferença. Não podemos baixar a guarda. A pandemia não acabou e todos precisam continuar com as ações de prevenção, usando máscara, lavando as mãos, saindo de casa somente quando necessário”, pontuou o prefeito Júnior da Femac, lembrando que pesquisas comprovam que locais abertos, como parques municipais são pontos de contaminação. “O vírus pode ficar dias nestes ambientes. O uso de máscara é essencial e obrigatório”, reitera.