CIDADES

min de leitura - #

Operação prende 14 bandidos suspeitos de assaltos a carros-fortes e bancos

Da Redação

| Edição de 27 de julho de 2018 | Atualizado em 25 de janeiro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Quatorze pessoas foram presas ontem em flagrante durante operação em Mauá da Serra, no Vale do Ivaí, e Ortigueira e Telêmaco Borba, nos Campos Gerais, contra suspeitos de integrar uma quadrilha especializada no roubo de carros-fortes, assaltos a caixas eletrônicos, roubo de cargas e comércio ilegal de armas, entre outros crimes. A ação, deflagrada pelas polícias Civil e Rodoviária Federal (PRF), mobilizou cerca de 150 policiais. 

A operação cumpriu 32 mandados de busca e apreensão em residências e estabelecimentos comerciais dos três municípios. No decorrer das buscas a polícia apreendeu 35 armas de calibre restrito, dezenas de munições e mais de R$ 235 mil – sendo R$ 80 mil em cheques, R$ 6,1 mil em dinheiro e R$ 150 mil em notas promissórias –, além de sete quilos de maconha e celulares. 
Segundo informações da 18ª Subdivisão Policial (SDP) de Telêmaco Borba, que comandou a operação, os presos na ação são suspeitos de comercializar armamento pesado, bem como munições, para quadrilhas especializadas em arrombamentos de caixas eletrônicos e demais roubos da categoria. 

Imagem ilustrativa da imagem Operação prende 14 bandidos suspeitos de assaltos a carros-fortes e bancos


O delegado-titular da 18ª SDP, Nilson Rodrigues da Silva, ressalta que as investigações iniciaram no início do ano de 2017 pela Delegacia de Ortigueira, na época coordenada pelo delegado Rafael Bacelar. “Na primeira fase da operação, deflagrada em dezembro deste ano, foram apreendidos diversos documentos e celulares dos alvos da ação. Após a análise desses materiais, a polícia conseguiu identificar o envolvimento do bando com as demais organizações criminosas de furto e roubo a banco e deflagrar a segunda fase”, completa.
A operação levou esse nome, pois “Oplos” significa arma em grego. “Mais de 150 policiais, entre civis e rodoviários, participaram da ação. É importante destacar que contamos com o apoio do Canil da Divisão Estadual de Narcóticos e com o helicóptero da Polícia Civil”, finaliza Silva. 
Todos os presos na ação foram autuados em flagrante por comércio, porte e posse ilegal de arma de fogo e munições, bem como tráfico de drogas. Tanto os detidos quanto os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Ortigueira.