CIDADES

min de leitura - #

Petrobras anuncia redução de 8,2% no preço do diesel e 6,1% no litro da gasolina

Cindy Santos

| Edição de 06 de dezembro de 2022 | Atualizado em 06 de dezembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Petrobras anuncia redução de 8,2% no preço do diesel e 6,1% no litro da gasolina

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A Petrobras anunciou redução no preço da gasolina e do diesel a partir de hoje. Segundo a estatal, a gasolina sairá das distribuidoras a um valor 6,1% menor. O diesel terá maior corte: 8,2%. Em Apucarana e Arapongas, a previsão é que o preço para o consumidor final comece a cair nos próximos dias.

Pesquisa no aplicativo Menor Preço Nota Paraná mostra que, até a tarde de ontem, o preço do litro da gasolina comum variava entre R$ 5,09 até R$ 5,29, e o valor do diesel entre R$ 6,25 a R$ 6,8 em Apucarana.

Gerente de um posto de combustível, Vilson Kozan, disse que não é possível fazer uma projeção de quanto o custo dos combustíveis vai baixar para os consumidores.

“No sistema no site ainda não teve mudança nenhuma. Falaram em 8%, mas só vamos saber realmente nesta quarta-feira (7) quando atualizar o sistema. É difícil antecipar um valor e depois não se concretizar”, comenta. 

Em Arapongas, o gerente de um posto de combustíveis, Marcos Hashimoto, informou que a projeção é de que o litro da gasolina fique até R$ 0,20 mais barato e o diesel R$ 0,30.

Pesquisa no Menor Preço aponta que, até a tarde desta terça, o preço da gasolina comum era praticado entre R$ 4,89 até R$ 5,09. Já o diesel era vendido entre R$ 6,19 até 6,57 nos estabelecimentos do município

Para a gasolina A - que é a gasolina pura, produzida nas refinarias sem a adição de etanol - o preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,28 para R$ 3,08 o litro, com diminuição de R$ 0,20 por litro.

Com o ajuste, a parcela da Petrobras no preço final deve ser de R$ 2,25 por litro, em média, já que o produto final vendido nos postos tem uma mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro.

Já o ajuste do diesel A vendido pela estatal às distribuidoras cairá de R$ 4,89 para R$ 4,49 por litro, uma redução de cerca de 8,2% ou R$ 0,40 por litro.

A Petrobras calculou que, considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel antes da venda ao consumidor final, a parcela da estatal no preço ao consumidor será, em média, R$ 4,04 a cada litro vendido na bomba. 

O preço da gasolina não era alterado pela Petrobras desde 2 de setembro. O do diesel permanecia inalterado desde 20 de setembro.