CIDADES

min de leitura - #

Preço da gasolina já caiu R$ 2 em Apucarana desde junho

Fernando Klein

| Edição de 17 de agosto de 2022 | Atualizado em 17 de agosto de 2022
Imagem descritiva da notícia Preço
da gasolina já caiu R$ 2
em Apucarana desde junho

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Depois do corte de impostos (PIS, Cofins e ICMS) sobre a gasolina e as últimas reduções determinadas pela Petrobras, o preço desse combustível caiu, em média, R$ 2 nos postos de Apucarana e Arapongas desde o final de junho. A queda acumulada chega a 26% em um período de pouco mais de um mês. A variação ocorre após a série de intervenções feitas pelo governo federal para conter a escalada dos preços registrada desde o ano passado e que gerava inúmeras reclamações da população.

Segundo levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), feito entre 26/06 a 02/07 em 14 postos de Apucarana, o litro do combustível custava, em média, R$ 7,49, com valor mínimo de R$ 7,39 e máximo de R$ 7,59. Nesta quarta-feira (17), levantamento feito no aplicativo Menor Preço, mostra a gasolina vendida a R$ 5,49, em média, na cidade, com valores variando entre R$ 5,30 e R$ 5,68.

Na última terça-feira (16), o preço da gasolina sofreu uma terceira redução consecutiva, com queda de 4,8% nas distribuidoras, o que representou uma queda de R$ 0,18 por litro. Nas bombas, o último corte se refletiu em uma redução de até R$ 0,30 nesta semana.

Desde o final de junho, o governo federal vem interferindo para reduzir os preços da gasolina. O PIS/Cofins foi zerado e a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre a gasolina caiu de 29% para 18% no Paraná.

Na esteira da gasolina, o etanol também ficou mais barato. O combustível, que já chegou a custar entre R$ 4,89 e R$ 5,27 em junho, hoje pode ser encontrado entre R$ 4,10 e R$ 4,31 em Apucarana.

Já o diesel S10 não sofreu tanta variação. Em junho, os preços estavam na faixa entre R$ 6,99 e R$ 7,80. Nesta quarta-feira (17), esse combustível era encontrado entre R$ 6,89 e R$ 7,45.

Dono de um posto de combustível em Apucarana, Wellington Kreb afirma que a queda de preços da gasolina é considerável em um curto espaço de tempo – desde o final de junho. Segundo ele, esse combustível voltou a ser atrativo, o que gerou um aumento no consumo. “Agora esperamos pela redução do diesel, que ainda não baixou praticamente nada”, disse.

Em Arapongas, a tendência é a mesma. O preço médio da gasolina nesta quarta-feira (17) era de R$ 5,31, sendo vendida entre R$ 5,19 e R$ 5,44. No final de junho, o valor médio era de R$ 7,31, vendido entre R$ 7,13 e R$ 7,49. A redução foi de R$ 2.

A situação se repete nos outros combustíveis. O etanol hoje está na faixa entre R$ 3,89 e R$ 4,19, enquanto o diesel entre R$ 6,64 e R$ 7,49.