CIDADES

min de leitura - #

Programa Aprende é retomado pela Prefeitura de Apucarana e Sesc

Da Redação

| Edição de 20 de junho de 2022 | Atualizado em 20 de junho de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A prefeitura de Apucarana está retomando o cronograma de implantação do Programa de Aprendizagem na Administração Pública Municipal (Aprende). Trata-se de mais uma iniciativa da gestão municipal focada na qualificação de mão de obra de jovens.

A oferta de vagas de aprendizagem profissional na administração municipal foi idealizada pelo juiz do Trabalho, Maurício Mazur, e encampada pela prefeitura com apoio da Câmara de Vereadores. Mais de mil jovens na faixa etária de 14 a 18 anos fizeram o teste seletivo, concorrendo às 50 vagas de aprendiz disponibilizadas. As provas haviam sido realizadas em fevereiro de 2020 e, em função da pandemia, o processo acabou sendo paralisado.

Conforme explica Miguel Luiz Vilas Boas, diretor do Centro de Qualificação Total, devido ao período de paralisação do cronograma, a classificação será reformulada, respeitando os critérios previstos em lei, inclusive em relação à idade dos candidatos.

Na primeira quinzena de julho, a Prefeitura irá efetivar a convocação dos 50 primeiros colocados. O contrato será pelo período de um ano. E, a cada semana, os jovens terão dois dias de aulas em curso de “Aprendizagem de Serviços Administrativos” do Senac, e mais três dias de atuação prática. Neste período, o aprendiz receberá um salário proporcional às horas trabalhadas. 

O prefeito Junior da Femac ressalta a importância da iniciativa. “Eles terão oportunidade de dispor de aulas teóricas sobre serviços públicos, conjugadas com atuação prática em diversas secretarias municipais, durante doze meses e com remuneração”, destaca.

Para o juiz Maurício Mazur, Apucarana inova com a legislação municipal que estabelece o aprendizado na administração pública. “Os jovens terão um programa completo de qualificação, que congrega educação escolar, ensino técnico e prática no trabalho”, avalia Mazur.