CIDADES

min de leitura - #

Programa coleta 2 mil toneladas de resíduos têxteis em Apucarana

Da Redação

| Edição de 16 de agosto de 2022 | Atualizado em 16 de agosto de 2022
Imagem descritiva da notícia Programa coleta 2 mil toneladas 
de resíduos têxteis em Apucarana

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Com dois anos em funcionamento, o Programa Municipal de Coleta de Resíduos Têxteis já recolheu mais de 2 mil toneladas de resíduos de Apucarana. Implantado em agosto de 2020, o programa destina corretamente materiais descartados pelas indústrias de confecção, como tiras, retalhos e linhas. O serviço, que é gratuito, é oferecido por intermédio de um ecoponto, situado no antigo IBC da Vila Nova, ou pode ser acionado por telefone.

O balanço foi feito ontem pelo prefeito Junior da Femac e pelo secretário municipal de Meio Ambiente, Gentil Pereira, que estava acompanhado pelo superintendente da pasta, Sérgio Bobig. “Esse é um trabalho feito pela Prefeitura, sem custos para as empresas, solucionando um problema vinha sendo enfrentado há décadas no município”, ressalta Junior da Femac. 

O prefeito afirma que o serviço de recolhimento de resíduos têxteis é uma das ações que integram o Programa Mais Verde. “Mantemos em Apucarana diversos serviços de proteção ambiental, abrangendo ainda o recolhimento de pneus, coleta de móveis inservíveis, a coleta seletiva do lixo feita através da Cocap e o plantio de milhares de árvores nativas e exóticas”, pontua Junior da Femac.

Junior da Femac lembra que Apucarana é a maior fabricante de roupas do Paraná. “Esse é um trabalho feito em prol do polo do vestuário, ajudando empresas de todos os tamanhos, seja de roupas, confecções, bonés ou outros produtos têxteis”, reforça. 

O secretário de Meio Ambiente afirma que o serviço de recolhimento é realizado pela Ecovip, credenciada pelo Município. “A Ecovip coleta os resíduos têxteis diretamente nas indústrias do vestuário e também por intermédio de um ecoponto junto ao box 19, no antigo IBC da Vila Nova”, explica Gentil.

O secretário afirma que a iniciativa é bem sucedida, pois teve ampla adesão dos empresários do setor. “Com o programa, que neste mês de agosto está completando dois anos, praticamente foi reduzido a zero o lançamento de resíduos têxteis no meio ambiente em nosso município”, avalia Gentil. 

O recolhimento dos resíduos nas indústrias é feito mediante agendamento pelo WhatsApp (43) 99983-6959 ou pelo 0800-883-6251 (ligação gratuita).