CIDADES

min de leitura - #

Região cria quase 900 novos postos de trabalho em julho

DA REDAÇÃO

| Edição de 22 de agosto de 2020 | Atualizado em 25 de janeiro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Quase 900 vagas de emprego foram criadas nos cinco maiores municípios a região em julho. Dados Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ligado ao Ministério da Economia, divulgados nesta sexta-feira, apontam um saldo entre admissões de demissões de 887 vagas. A geração de vagas é 38% maior que a registrada em junho - mês que marca a retomada da economia local após o impacto da pandemia - quando Apucarana. Arapongas, Ivaiporã, Jandaia do Sul e Faxinal somaram 642 postos de trabalho.

O bom desempenho em julho foi puxado por Arapongas. O município sozinho criou 686 novos postos de trabalho e registrou pelo segundo mês consecutivo o maior saldo de empregos de todo o Estado. As novas vagas foram criadas majoritariamente no setor industrial, que vem retomando as contratações apás as demissões geradas pela pandemia, e é responsável pela criação de 676 novos empregos.  Por conta desse impacto, no acumulado do ano, entretanto, o saldo é de 167 vagas de emprego. 
Em Apucarana, julho encerrou com a criação de 183 postos de trabalho. O número é cinco vezes maior que as vagas criadas em junho (32). A indústria também foi o motor da recuperação dos empregos. O setor abriu 469 novos postos de trabalho no mês passado. No acumulado do ano, entretanto, o município teve uma perda de 676 postos de trabalho.
Em Ivaiporã, julho encerrou com saldo positivo de 15 vagas. Desde janeiro, o município perdeu 230 postos de trabalho.
Jandaia do Sul, que registra saldo positivo de sete vagas, soma a criação de 217 postos de trabalho desde janeiro. 
Em julho, o único município com saldo negativo foi Faxinal, que perdeu quatro postos de trabalho. Durante todo o ano foram 167 postos de trabalho extintos. 
(COLABOROU ALINE ANDRADE)