CIDADES

min de leitura - #

São Pedro do Ivaí enfrenta surto de covid

Da Redação

| Edição de 28 de abril de 2022 | Atualizado em 28 de abril de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Com pouco mais de 11 mil habitantes, São Pedro do Ivaí, registrou nesta semana 150 casos de covid-19. O novo surto já obrigou as autoridades a cancelarem eventos oficiais marcados para os próximos dias e recoloca em alerta as equipes de saúde, que pedem que a população volte a se cuidar para evitar contágios. A tradicional festa de 1º de maio, do Dia do Trabalhador, que não aconteceu nos últimos dois anos por causa da pandemia e voltaria a acontecer no próximo fim de semana, está suspensa.

O médico Vagner Estefani, responsável pelo Centro de Atendimento de Covid, explica que, embora sejam casos de sintomas leves, a situação é preocupante. “Preocupa, e muito, principalmente se pensarmos que muitas cidades já desabilitaram os centros de Covid”, comenta. 

Segundo o médico, o centro vem atendendo diariamente vem atendendo a uma média de 80 pessoas com sintomas gripais. Até a noite de quarta-feira (27), 124 pacientes com covid estavam sendo tratados em domicílio e nenhuma pessoa estava internada.

O médico relata, ainda, que existem casos de pessoas que tiveram diagnóstico positivo para Covid e dengue, ao mesmo tempo. “Não podemos deixar de focar que não se trata apenas da Covid. Temos a dengue e agora, com a chegada do inverno, a tendência é subir o número de casos de gripe, também”, alerta. Para Estefani, o aumento dos casos está diretamente associado ao abandono dos cuidados sanitários, como o uso de máscaras e de álcool em gel.

“A gente não tem como ir contra os decretos que flexibilizaram o uso de máscaras. Mas devemos alertar a população. Estamos com um surto, com números que voltaram a subir depois que liberaram as máscaras”. 

Depois do aumento do número de casos na cidade, a prefeitura de São Pedro do Ivaí cancelou o tradicional evento em comemoração ao Dia do Trabalhador, que ocorreria no próximo domingo (1º de maio).

“A decisão foi tomada em conjunto com a minha equipe administrativa. A pandemia não acabou e precisamos continuar sendo prudentes em nossas decisões, evitando que este surto se torne algo ainda maior, visto que o evento reuniria muitas pessoas e ainda colocaria pessoas de outros municípios circulando em São Pedro do Ivaí”, comentou a prefeita, Maria Regina Della Rosa Magri.

O chefe da 16ª Regional de Saúde, de Apucarana, Marcos Costa, informou que as equipes da regional estão monitorando o surto para traçar uma linha de atuação conjunta preventiva na cidade. (CLAUDEMIR HAUPTMANN)