CIDADES

min de leitura - #

Sem salário, trabalhadores protestam em Apucarana

DA REDAÇÃO

| Edição de 24 de fevereiro de 2022 | Atualizado em 17 de março de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Dezenas funcionários de uma empresa de calçados de segurança em Apucarana realizaram uma manifestação na manhã de ontem na porta da fábrica por atraso de pagamento. A empresa fica localizada na Vila São Francisco, na BR-376. Os trabalhadores alegam que estão com salários  atrasados há três meses. 

O protesto começou por volta das 9 horas e os funcionários só se desmobilizaram no final da manhã. De acordo com o revisor de qualidade Jonatas Enrique de Almeida, que trabalha há 1 ano e 5 meses no local, o salário de fevereiro foi pago com 12 dias de atraso e ainda não recebeu o vale, pago sempre no dia 20 de todo mês. “Temos família e compromissos para serem cumpridos. Estamos passando por dificuldades por conta desses atrasos. Sempre trabalhamos certinho”, explica. 
Conforme a líder de acabamento Janete Torres, que está afastada por conta da gestação de 28 semanas, há cerca de um mês ela não recebe o salário. “Preciso deste dinheiro. Tenho três crianças, estou grávida e estou passando necessidades. Da última vez, precisei ligar para pedir para eles depositarem o pagamento”, detalha. 
A equipe de reportagem tentou conversar com os responsáveis da empresa pelos telefones disponibilizados no site da fábrica de Apucarana, mas ninguém atendeu as ligações pela manhã ou à tarde. 
No final da manhã, os funcionários foram recebidos por representantes da empresa que afirmaram que os depósitos seriam realizados nesta quinta. 
Segundo os funcionários, a linha de produção está parada há mais de uma semana e entre 280 e 300 trabalhadores fazem parte da equipe da empresa. Os funcionários prometem nova manifestação em caso de não pagamento. (FERNANDA NEME)