CIDADES

min de leitura - #

Transporte metropolitano terá reajuste de tarifa de 28%

Adriana Savicki

| Edição de 30 de junho de 2022 | Atualizado em 30 de junho de 2022
Imagem descritiva da notícia Transporte metropolitano 
terá reajuste de tarifa de 28%

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

As tarifas de ônibus intermunicipais vão ficar mais caras a partir desta sexta-feira (1º) no Paraná. O reajuste - 28,04% para linhas metropolitanas e 22,38% para linhas rodoviárias – foi aprovado pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR). Com o aumento, a tarifa do transporte metropolitano nas linhas Apucarana/Mandaguari e Apucarana/Rolândia vai passar dos atuais R$ 4,85 para R$ 6,20. 

O aumento foi autorizado com base na alta acumulada do diesel nos últimos 12 meses, além do reajuste salarial de motoristas, cobradores e demais funcionários das empresas do setor. 

Os novos valores já foram publicados no endereço eletrônico do DER. Outra linha que terá novo valor a partir de hoje é a que circula entre Apucarana e Marilândia do Sul, que passará a custar R$ 5,95. 

O reajuste envolve também as tarifas de transporte intermunicipal. A tarifa entre Apucarana e Curitiba, por exemplo, passa a custar R$ 143,78, mais de R$ 20 que os atuais R$ 122,32, segundo consultado no site da empresa rodoviária que oferece o serviço.

O aumento vem sendo discutido em ação judicial impetrada pela Federação das Empresas de Transporte de Passageiros dos Estados do Paraná e Santa Catarina (Fespasc) que obteve liminar favorável junto a 4ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba. Na última terça-feira, a Agência Reguladora do Paraná (Agepar) acatou a liminar e informou que vai recorrer uma vez que “a área técnica reputa inadequada a metodologia de cálculo empregada para se chegar aos novos valores e apresentará recurso da decisão”, diz a nota.

Os últimos reajustes haviam sido concedidos nos dias 26 e 27 de novembro do ano passado, quando chegaram ao fim as concessões das rodovias do Anel de Integração do Paraná e houve redução da tarifa.