COLUNA DA TRIBUNA

min de leitura - #

Prefeito avalia gestão com secretários

Da Redação

| Edição de 05 de janeiro de 2023 | Atualizado em 05 de janeiro de 2023
Imagem descritiva da notícia Prefeito avalia gestão com secretários

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O prefeito de Apucarana, Junior da Femac (PSD), e seu vice Paulo Vital (PSD) fizeram na tarde de ontem uma reunião de planejamento do ano de 2023 com todo o secretariado (foto). “Em 2022 tivemos um saldo excepcional de obras, programas e ações administrativas. Para 2023 já temos encaminhadas obras de grande porte, tais como ampliação da rede de coleta de esgoto sanitário, novos reservatórios de água, duplicação de trecho urbano na saída para Curitiba, ampliação e reforma de escolas, e o novo Hospital de Apucarana, entre muitas outras planejadas”, relatou Junior da Femac. Ele pediu dedicação máxima de todos os secretários, visando manter o ritmo de trabalho e bons resultados. Junior disse que as perspectivas para esse ano são ótimas com o segundo mandato do governador Ratinho Junior (PSD) e a força política do atual secretário de Saúde e futuro deputado federal, Beto Preto (PSD).

Comandando Ivaiporã Desde o dia 1º de janeiro, o vice-prefeito de Ivaiporã, Marcelo Reis (PTB), está no comando da Prefeitura e vai ficar no cargo até dia 28 de fevereiro. Marcelo Reis substitui o prefeito Luiz Carlos Gil (PSD), que está tirando 30 dias de férias, conforme é seu direito como gestor público municipal, e também pediu mais 30 dias de licença não remunerada, permitindo que ele fique pelo menos 60 dias fora da administração municipal para descansar e cuidar de seus negócios particulares. Mas desde início desta gestão Luiz Carlos Gil e Marcelo Reis vêm se revezando no comando da Prefeitura de Ivaiporã, um compromisso que ambos assumiram publicamente durante a campanha eleitoral. Morte sentidaO prefeito de Apucarana, Junior da Femac (PSD), manifestou pesar pelo falecimento do comerciante e ex-diretor da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia), Júlio Shimura, aos 73 anos. “Trata-se de uma liderança da colônia nipo-brasileira em Apucarana e que teve destacada atuação como empreendedor. Em nome dos apucaranenses, manifesto nossos sentimentos à família e amigos”, disse. Júlio Shimura foi sepultado ontem no Cemitério Cristo Rei. Ele foi proprietário de uma das lojas pioneiras em Apucarana na venda de produtos elétricos, a antiga Refiltro.Mandado falso de prisãoA Polícia Federal (PF) investiga se os sistemas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) foram alvo de um ataque hacker. A apuração foi aberta após a emissão de um mandado de prisão falso contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), assinado por ele próprio. “Expeça-se o mandado de prisão em desfavor de mim mesmo, Alexandre de Moraes. Publique-se, intime-se e faz o L”, diz um trecho do documento fake. O mandado falso fala na condenação do ministro por litigância de má-fé. Esse foi o motivo que levou Moraes a aplicar uma multa de R$ 22,9 milhões ao Partido Liberal (PL), por contestar sem provas a segurança do processo eleitoral.Cacique pede perdãoPreso por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF), o indígena José Acácio Serere Xavante, que se apresenta como cacique do Povo Xavante, divulgou ontem uma carta com uma série de pedidos de perdão. Serere diz que nunca defendeu uma “ruptura democrática” e que não acredita na violência como método de ação política. “Entendo que o amor, o perdão e a conciliação são os únicos caminhos possíveis para a vida em sociedade”, afirma. A prisão do cacique desencadeou atos de vandalismo em Brasília no último dia 12 por parte de descontentes com o resultado das urnas. 

VAPT-VUPT

PLANO DIRETOR O prefeito de Jandaia do Sul, Lauro Junior (União Brasil), está pedindo à população para que envie sugestões para o Plano Diretor do município. Segundo ele, é importante que a comunidade participe dos rumos da cidade.LÍDER Depois de muitas negociações, o confirmou ontem o deputado Zeca Dirceu (PR) como líder do partido na Câmara até início de 2025. A partir daí, ele passará o bastão para Lindbergh Farias (RJ), que ficará até 2026 nesse posto.SALÁRIO MÍNIMO O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda não oficializou o reajuste do salário mínimo para R$ 1.320 em 2023, conforme promessa do governo eleito. Para ter validade ainda este mês, valor depende de Medida Provisória.ALUGUEL O PL desistiu de arcar com os custos do aluguel de uma mansão para o ex-presidente Jair Bolsonaro morar com a família em Brasília. A legenda informa que o bloqueio de suas contas por parte do STF inviabilizou a proposta.