COLUNA DA TRIBUNA

min de leitura - #

Ratinho Junior vai reunir grupo político

Da Redação

| Edição de 22 de março de 2022 | Atualizado em 21 de março de 2022
Imagem descritiva da notícia Ratinho Junior vai reunir grupo político

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O governador Ratinho Junior (PSD) deverá promover uma reunião com seu grupo político nesta semana, para definir os secretários de governo que vão deixar os cargos para disputar as eleições de outubro deste ano. Sendo assim, é possível que neste encontro seja definido o rumo do secretário estadual da Saúde, Beto Preto (na foto com Ratinho Jr.), um dos nomes mais fortes do secretariado para disputar um cargo eletivo. A princípio, Beto Preto é pré-candidato a deputado federal, porém seu nome também é especulado para disputar o Senado. Ele, no entanto, prefere não comentar as especulações. Beto Preto costuma dizer que por enquanto é secretário da Saúde e que sua candidatura a isso ou aquilo vai depender do governador.

Filiações ao PSD 

Na próxima sexta-feira está marcada uma reunião em Curitiba para filiações ao PSD de sete deputados estaduais e um federal, convidados especialmente pelo governador Ratinho Junior para compor seu grupo que vai disputar as eleições deste ano. Da lista de troca constam os deputados estaduais Ademar Traiano e Paulo Litro, que estão deixando o PSDB, Luiz Cláudio Romanelli, Artagão Junior, Jonas Guimarães, Alexandre Curi e Tiago Amaral, todos do PSB, mais Gugu Bueno e o deputado federal Luiz Nishimoni, ambos do PL. Com a troca partidária, o PSD de Ratinho Junior passa a contar com 14 deputados estaduais.

Caravana Requião

O ex-governador e ex-senador Roberto Requião (PT) anunciou nesta semana a volta do projeto político-eleitoral “Caravana Requião”, que foi idealizado quando militava no MDB. Desta vez, o projeto está sendo lançado por ele através do PT e tem sua primeira edição nesta quinta-feira, em Apucarana. O encontro, para qual estão sendo convidadas lideranças de todos os partidos políticos, será realizado às 19 horas, no Cristal Palace Eventos, que fica na Rua Clotário Portugal, próximo ao Pronto Atendimento Municipal (PAM). Requião é pré-candidato ao governo do Estado e desde já intensifica mobilização neste sentido.

Aniversário de Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) completou 67 anos nesta segunda-feira. O aniversário do chefe do Executivo foi o assunto mais comentado no Twitter durante todo o dia. Na data de seu aniversário, Bolsonaro teve agenda oficial das 10h30 às 15h30. Ele participou de reuniões com o secretário especial de Cultura, Mário Frias, e com o subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Pedro Cesar Souza. Também participou de uma cerimônia em que lançou iniciativas para ampliar o uso de biocombustíveis. Bolsonaro dirigiu um trator movido a biometano do Palácio do Alvorada até o Palácio do Planalto. Mais cedo, apoiadores cantaram parabéns e fizeram orações ao presidente.

Reivindicação do Barreiro

Uma antiga reivindicação dos moradores e agricultores do Distrito do Barreiro, em Apucarana, será atendida nos próximos meses. É o alargamento da ponte sobre o Córrego Indaial, na estrada que liga o Barreiro ao Contorno Norte de Apucarana. Conforme explica o prefeito Junior da Femac (PSD), a ponte é estreita, com apenas 3,5 metros de largura, permitindo a passagem de apenas um carro por vez. No local também fica inviabilizada a passagem de colheitadeiras. “Estamos trabalhando, na Secretaria de Obras, para acelerar o projeto e viabilizar a nova ponte para o segundo semestre deste ano”, anuncia o prefeito Junior da Femac, informando que a administração municipal tem projetos também para outros bairros rurais do município.

Candidatura única

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, voltou a dizer ontem que a legenda, juntamente com MDB e União Brasil, com a possibilidade de incluir Podemos, deve anunciar no dia 1º de junho candidatura única ao Planalto. Por enquanto, o PSDB indicou o nome do governador João Doria. Já o MDB anunciou o nome da senadora Simone Tebet (MS). Até lá outros nomes deverão ser indicados.