ESPORTES

min de leitura - #

Embalado e contra tabu, Santos vai visitar o Independiente hoje

Gazeta Press

| Edição de 21 de agosto de 2018 | Atualizado em 25 de janeiro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Em melhor fase depois de vencer Cruzeiro e Sport, o Santos visitará o Independiente-ARG hoje, às 21h45 (de Brasília), em Avellaneda, pela rodada de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Imagem ilustrativa da imagem Embalado e contra tabu, Santos vai visitar o Independiente hoje
O atacante Bruno Henrique, do Santos, tem escalação garantida na Argentina | Foto: Arquivo/TN

Para vencer e trazer a vantagem para o Brasil, o “Peixe” precisará quebrar um tabu: os Rojos nunca perderam para o alvinegro em seu país. São quatro vitórias e um empate na história.

Confiante, Cuca terá apenas um desfalque: Luiz Felipe, com lesão muscular na coxa esquerda. O Santos preservou Renato, Diego Pituca, Rodrygo e Bruno Henrique na vitória por 3 a 0 sobre o Sport, no último sábado, na Vila Belmiro. 

"Vamos trabalhar em cima do que pudermos para estar inteiros. O Independiente é muito bom, vimos o jogo com o Cerezo Ozaka-JAP, ganharam e jogaram muito bem. Jogadores leves e selecionáveis, torcida muito boa. Dificuldade vai existir, mas temos que estar preparados para ir em busca de um bom jogo", disse Cuca.

O Independiente empatou com o Newell's na última sexta-feira, em 2 a 2, pela primeira rodada do Argentino. Gigliotti, indicado por Cuca ao Santos, fez os gols. O técnico Ariel Holan não contará com Franco e Figal, suspensos. Benitez e Romero são dúvidas por conta de dores musculares. Se um deles não puder atuar, Cerutti será a opção.

O Santos foi o primeiro colocado do Grupo 6, com 10 pontos. O Independiente venceu o Corinthians na arena durante a primeira fase, mas terminou como segundo colocado, também com 10 pontos.

O Independiente joga comCampaña; Bustos, Burdisso, Gastón Silva e Sánchez Miño; Francisco Silva, Hernández e Gaibor; Meza, Benítez (Cerutti) e Gigliotti.

O Santos atua com Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Pituca (Renato) e Sánchez; Rodrygo, Bruno Henrique e Gabriel. 

RENATO - Renato tem 39 anos e é o capitão do Santos. Referência técnica, o volante será preparado pelo técnico Cuca para disputar alguns partidas, principalmente as mais decisivas, sem sobrecarregá-lo fisicamente.

A qualidade do veterano não é novidade, assim como a debilidade física por conta da idade e a importância pela liderança no elenco alvinegro. “Não é para ele jogar todos, é para jogar alguns. É importante em todos os sentidos fora de campo. É exemplo para os meninos, fundamental para nós como atleta e profissional”, disse Cuca. 

Renato chega mais cedo e sai mais tarde dos treinos. Ele é ídolo dos jogadores e conversa diariamente com os mais jovens. Na sua ausência, Victor Ferraz é o capitão. Ele tem 26 jogos na temporada, com dois gols marcados. No total, atuou 417 vezes por seu clube do coração.