ESPORTES

min de leitura - #

Maicon treina, mas segue fora para o clássico

Da Redação

| Edição de 20 de outubro de 2022 | Atualizado em 20 de outubro de 2022
Imagem descritiva da notícia Maicon treina, mas segue fora para o clássico

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Em transição física após uma lesão na coxa, o zagueiro Maicon está perto de retornar, mas deve continuar como desfalque do Santos no clássico com o Corinthians, marcado para as 19 horas de sábado, na Vila Belmiro, pela 33ª rodada do Brasileirão. Ele foi ao gramado do CT Rei Pelé durante treino desta quinta-feira apenas para um trabalho individual, ainda sem condições de participar das atividades em grupo.

Maicon se machucou no dia 27 de setembro, em partida contra o Athletico-PR, última vez em que o Santos conseguiu jogar com a dupla de zaga considerada ideal. Também titular da posição, o zagueiro Eduardo Bauermann se recuperou de uma entorse no tornozelo e participou do treino com o restante do elenco, mas não poderá jogar o duelo do final de semana porque está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Com isso, Luiz Felipe e Alex devem ser os zagueiros escolhidos pelo técnico Orlando Ribeiro para começar jogando.

Incertezas no Corinthians

Vice-campeão da Copa do Brasil e praticamente classificado para a Copa Libertadores, o Corinthians tem algumas incertezas em seu elenco para a próxima temporada. Além do técnico Vítor Pereira, que só vai decidir se fica no clube após conversar com o presidente Duílio Monteiro Alves, outros jogadores têm seu futuro ainda a definir para 2023. São os casos do zagueiro Robson Bambu e do lateral-esquerdo Bruno Melo, emprestados pelo Nice, da França, e pelo Fortaleza, respectivamente. O volante Maycon está emprestado pelo Shakhtar Donetsk  e o  lateral Fábio Santos, outro titular, e os meias Ramiro e Xavier têm contrato com o clube por pelo menos mais dois meses.

Foco no Palmeiras 

A vantagem do Palmeiras na liderança do Brasileirão é bastante confortável. São oito pontos de frente para o segundo colocado, o Internacional. Mas o clube sabe que não pode desperdiçar pontos diante do Avaí, em casa, neste sábado, após dois empates seguidos. Gustavo Scarpa admite que o time pecou demais nas finalizações contra o São Paulo - empate sem gols - e quer os companheiros com a pontaria certeira diante dos catarinenses. O meia, inclusive, fez um mea-culpa, admitindo não estar com o pé calibrado contra o São Paulo, no Allianz Parque, domingo. Com 11 gols na temporada e outras 17 assistências, Scarpa decepcionou no último jogo. Ele desperdiçou a maior chance da partida, ao bater um pênalti para defesa de Felipe Alves.