ESPORTES

min de leitura

No embalo da Liga dos Campeões, Villarreal derrota Getafe no Espanhol

Da Redação

| Edição de 16 de abril de 2022 | Atualizado em 16 de abril de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Após surpreender o Bayern de Munique e alcançar a semifinal da Liga dos Campeões, o Villarreal manteve o embalo, desta vez no Campeonato Espanhol. Neste sábado, derrotou o Getafe por 2 a 1, diante de sua torcida, no Coliseum Alfonso Pérez Stadium, pela 32ª rodada.

Mas, se brilha na competição europeia, o time espanhol está longe da briga pelas primeiras posições no campeonato nacional. O Villarreal aparece apenas na sétima posição, com 49 pontos, ainda longe da zona de classificação para os torneios europeus. A liderança da tabela pertence ao Real Madrid, com distantes 72 pontos.

O primeiro tempo do Villarreal foi fulminante. Aos sete minutos, Alcácer encontrou Gerard Moreno livre dentro da área. Ele finalizou no meio do gol para superar o goleiro Soria e fazer 1 a 0.

O time da casa continuou pressionando e ampliou aos 16 minutos. Manu Trigueros recebeu de Gerard Moreno e superou dois marcadores para deixar a sua marca. O Getafe ainda tentou diminuir, mas a finalização de Arambarri parou no goleiro Gerónimo Rulli.

No segundo tempo, o Villarreal se acomodou, viu o Getafe tomar conta da partida e diminuir o placar aos 18 minutos. Unal recebeu de Miramontes e tocou no canto direito do goleiro Rulli para fazer 2 a 1. Em desvantagem, o time visitante buscou o ataque, mas deixou a guarda aberta. Com isso, Soria precisou trabalhar para evitar um placar mais elástico.

Ainda neste sábado, o Alavés ganhou fôlego na luta contra o rebaixamento ao superar o Rayo Vallecano (34 pontos) por 1 a 0, no Mendizorroza. O time é o vice-lanterna da tabela, com 25 pontos.

Já o Valencia (42) praticamente saiu da luta por vaga nos torneios europeus ao perder para o Osasuna (44) por 2 a 1, em casa. Por fim, o Elche chegou aos 35 pontos ao fazer 3 a 0 no Mallorca, no Manuel Martínez Valero.