ESPORTES

min de leitura

Pelé recebe alta após dois dias internado em São Paulo para tratar tumor

(via Agência Estado)

| Edição de 21 de abril de 2022 | Atualizado em 21 de abril de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Pelé deixou o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, na tarde desta quinta-feira. O Rei do Futebol teve alta e foi para casa. Ele havia dado entrada na unidade médica na última terça-feira para continuar o tratamento do tumor de cólon, parte do intestino grosso, identificado em setembro de 2021.

Segundo o boletim médico divulgado pelo hospital e assinado por Fabio Nasri (geriatra e endocrinologista), Rene Gansl (oncologista) e Miguel Cendoroglo Neto (diretor do hospital), as condições clínicas de Pelé "são boas e estáveis".

Já era previsto que a internação do ex-jogador fosse curta. O quadro de saúde do Rei do Futebol é tranquilo. Sua internação foi necessária para a realização de exames que já estavam agendados. Ele não precisou de atendimento na UTI e ficou em um quarto da unidade médica.

O tricampeão mundial passou, nesses últimos dois dias, por monitoramento dos tumores no intestino, fígado e pulmão. Segundo seu estafe, não há outras preocupação além do tratamento contra o câncer.

Pelé iniciou tratamento contra um tumor no cólon em setembro de 2021, e precisa ir ao hospital com certa frequência para dar seguimento ao atendimento dos médicos. Na segunda quinzena de janeiro, o Hospital Albert Einstein confirmou que o ex-atleta de 81 anos esteve no local para continuar seu tratamento.

O ex-jogador já foi submetido a uma cirurgia para retirada do tumor no mesmo hospital, em setembro do ano passado, e também passou por sessões de quimioterapia, boa parte delas realizada em sua casa.

Em janeiro deste ano, a saúde de Pelé voltou a ser assunto, já que exames constaram uma mestástase que atinge o intestino, pulmão e o fígado do ex-atleta. Nomês seguinte, ele foi novamente internado, mas desta vez para tratar uma infecção urinária. Foram 13 dias de internação.

Sempre que acha necessário, o Rei do Futebol usa suas redes sociais para tranquilizar os fãs. Em fevereiro passado, publicou uma imagem descontraída para contar que havia cortado o cabelo. "Estão dizendo por aí que eu não estou bem. Vocês não acham que eu estou bonitão?", perguntou.