GERAL

min de leitura

Ação conjunta no Rio apreende 3 toneladas de brinquedos falsificados

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 05 de outubro de 2022 | Atualizado em 06 de outubro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Policiais civis da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM) realizaram nesta quarta-feira (5), em ação conjunta com a Divisão de Vigilância e Repressão ao Descaminho da Receita Federal, a Operação Chucky contra a venda de brinquedos falsificados no camelódromo e outras lojas no centro do Rio. Ao todo, foram apreendidas mais de 3 toneladas de produtos de crianças.

Os brinquedos foram encontrados em estabelecimentos comerciais fiscalizados, todos com indícios de falsificação de marcas famosas. A estimativa é de que os produtos apreendidos estejam avaliados em até R$ 1 milhão. A ação foi realizada devido à proximidade do Dia das Crianças, comemorado no dia 12.

Os artigos apreendidos serão encaminhados à perícia técnica e, posteriormente, destruídos.