GERAL

min de leitura

Bilionária Lily Safra morre aos 87 anos na Suíça

Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 09 de julho de 2022 | Atualizado em 09 de julho de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A bilionária gaúcha Lily Safra, uma das mulheres mais ricas do mundo, morreu hoje (9) aos 87 anos em Genebra, na Suíça. A causa da morte não foi informada.

Segundo a Fundação Edmond J. Safra, o sepultamento será na próxima segunda-feira (11) em Genebra. Em nota, a fundação informou que Lily Safra manteve o legado filantrópico do banqueiro Edmond Safra, fornecendo apoio a centenas de organizações sociais pelo mundo.

Com patrimônio estimado em US$ 1,3 bilhão pela revista Forbes, Lily Safra era viúva do banqueiro libanês Edmond Safra, com quem se casou em 1976. O magnata morreu em 1999 num incêndio criminoso em Mônaco. Em 2002, a Justiça do principado condenou o enfermeiro particular de Edmond a 10 anos de prisão por ter iniciado o fogo.

Além de Edmond Safra, Lily foi casada com Alfredo Monteverde, fundador da rede de varejo Ponto Frio. Em 1969, o empresário foi encontrado morto no próprio apartamento com dois tiros. Na ocasião, a viúva assumiu os negócios da rede de lojas.