GERAL

min de leitura

DF: pelo menos 100 pessoas são detidas após de atos antidemocráticos

Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 08 de janeiro de 2023 | Atualizado em 08 de janeiro de 2023
Imagem descritiva da notícia DF: pelo menos 100 pessoas são detidas após de atos antidemocráticos

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Cerca de 100 pessoas foram detidas pela Polícia Civil do Distrito Federal (PDCF) depois de atos antidemocráticos na tarde deste domingo em Brasília. Segundo a instituição, todos são suspeitos de participar de atos criminosos de invasão das sedes dos Três Poderes da República.

Notícias relacionadas:

A PCDF também informou no Twitter que equipes de papiloscopistas, peritos criminais e médicos legistas estão em prontidão para atender a situações de flagrante decorrentes da detenção dos suspeitos de cometer atos criminosos na Esplanada dos Ministérios.

Inconformados com o resultado das eleições, apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro invadiram o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal. Houve destruição nos três prédios, com vidros quebrados, móveis e aparelhos danificados, em um cenário de guerra.

Mais cedo, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, pediu desculpas aos chefes dos Três Poderes, classificou como “inaceitáveis” os atos e prometeu apurar responsabilidades.

Depois dos ataques, o presidente da República, Luíz Inácio Lula da Silva, decretou intervenção federal na segurança pública do DF.