GERAL

min de leitura

Nova edição do Pronampe realizou 43,3 mil financiamentos no 1º dia

Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 27 de julho de 2022 | Atualizado em 27 de julho de 2022
Imagem descritiva da notícia Nova edição do Pronampe realizou 43,3 mil financiamentos no 1º dia

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Começou nesta semana a nova fase do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, o Pronampe. Ao contrário das edições anteriores, realizadas em 2020 e 2021, neste ano é possível solicitar o crédito por via digital através da plataforma e-CAC, da Receita Federal.

Outra novidade é a isenção do Imposto sobre Operações Financeiras, o IOF, conforme explicou hoje (27), em entrevista ao programa A Voz do Brasil, o vice-presidente de Negócios de Varejo do Banco do Brasil, Carlos Motta.

O vice-presidente de Negócios de Varejo do Banco do Brasil Carlos Motta é o entrevistado no programa A Voz do Brasil
O vice-presidente de Negócios de Varejo do Banco do Brasil Carlos Motta é o entrevistado no programa A Voz do Brasil - Valter Campanato/Agência Brasil

Segundo Motta, o BB também viabiliza o financiamento de créditos do fundo do Pronampe para microempreendedores individuais (MEIs), que também foram contemplados com uma grande campanha itinerante de oferta de crédito e de orientação para negócios chamada Programa BB para Elas. São cinco carretas que percorreram 900 municípios brasileiros até o final do ano.

Sobre a aplicação dos fundos disponibilizados, Carlos Motta explicou que é de livre critério dos empresários escolherem a destinação dos recursos, mas que acredita que o impulso terá grandes reflexos positivos na economia.

“O dinheiro é uma linha de capital de giro. As empresas podem utilizar esse recurso, que vai até R$ 150 mil, para pagar funcionários, comprar mercadorias e para fazer livre utilização”, informou o vice-presidente.

O Banco do Brasil informou que já foram movimentados R$ 4,6 bilhões apenas no primeiro dia da edição 2022 do programa. De acordo com os dados divulgados pelo banco, 43,3 mil clientes já tiveram solicitações de crédito atendidas.

Condições da linha

O Banco do Brasil disponibiliza carência de até 11 meses para o início do pagamento das parcelas do Pronampe. O prazo dos financiamentos é de até 48 meses, já inclusa a carência.

Não há cobrança de IOF. A taxa de juros é composta por uma parte fixa (6% ao ano) e uma parte variável, que é a taxa Selic.

Assista ao programa A Voz do Brasil: