GERAL

min de leitura

Protesto de motoristas de ônibus afeta 29 linhas no Campo Limpo

Flávia Albuquerque - Repórter da Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 07 de julho de 2022 | Atualizado em 07 de julho de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Um ato realizado hoje (7) por motoristas de ônibus em frente ao Terminal Campo Limpo, na zona sul da capital paulista, afetou operações de 29 linhas, informou a SPTrans. O protesto, que ocorreu entre as 5h40 e as 8h05, foi feito contra a demissão de 16 funcionários da empresa Transpass que aderiram à greve realizada na última semana. O terminal já foi liberado e as operações voltaram ao normal.

De acordo com o presidente em exercício do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (Sindimotoristas), Valmir Santana da Paz, conhecido como Sorriso, as demissões são injustas, e a entidade não aceita nenhum tipo de retaliação à categoria. “Já intermediamos e conseguimos reverter dez demissões, mas ainda há seis profissionais injustiçados”, afirmou.

Em nota, a SPTrans disse que foi surpreendida pelo ato e que os técnicos do órgão estão na região para monitorar a operação do transporte público.