POLÍTICA

min de leitura - #

Apucarana poderá ter 96 mil eleitores para o pleito municipal de 6 de outubro

Edison Costa

| Edição de 15 de maio de 2024 | Atualizado em 15 de maio de 2024
Imagem descritiva da notícia Apucarana poderá ter 96 mil eleitores para o pleito municipal de 6 de outubro

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Passado o período de cadastro eleitoral, que se encerrou no dia 8 de maio, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) continua processando os números finais de eleitores aptos a votar nas eleições municipais de 6 de outubro deste ano. Embora ainda não seja oficial, já é possível calcular que Apucarana deverá ter em torno de 96 mil eleitores devidamente cadastrados para o pleito, conforme computação diária que vem sendo feita pela Justiça Eleitoral.

No TSE, o processamento eletrônico dos pedidos de emissão do primeiro título de eleitor, de transferência de domicílio eleitoral e de regularização de títulos ainda vai continuar até dia 5 de junho. No entanto, os trabalhos estão quase 100% concluídos, devendo a totalização do número de eleitores em todo o Brasil ser divulgada no dia 10 de junho.

Dados atuais apontam para um crescimento do número de eleitores nas comarcas de Apucarana e Arapongas e de redução na de Ivaiporã, que são os três maiores colégios eleitorais da região, em comparação às eleições municipais de 2020.

Apucarana, que pertence à 28ª Zona Eleitoral, tinha registrados até esta quarta-feira (dia 15) 95.889 eleitores. A diferença a maior é de 4.138, ou seja, 4,5% em comparação com as eleições municipais de novembro de 2020, quando o município tinha 91.151 eleitores cadastrados. “Até o processamento final, o número de eleitores de Apucarana ou da comarca ainda vai ser alterado, mas deverá ser muito pequena essa alteração”, acredita a chefe do Cartório Eleitoral, Andrea Silva Milanin. Ela salienta que ainda há transferências de títulos e outros pedidos em  trâmite.

Arapongas, que integra a 61ª Zona Eleitoral, até esta quarta-feira tinha cadastrados oficialmente 85.207 eleitores, contra 79.682 computados em novembro de 2020, uma diferença a maior de 5.525 eleitores, 7%. Conforme a chefe do cartório, Mariângela de Souza Melo, ainda há para serem computados ou indeferidos requerimentos e transferências online.

QUEDA EM IVAIPORÃ

Ao contrário de Apucarana e Arapongas, a 93ª Zona Eleitoral de Ivaiporã registra redução do número de eleitores em comparação com o pleito de 2020. Em Ivaiporã, havia 25.152 cidadãos aptos a votar naquela eleição e hoje o número caiu para 23.632, ou seja, menos 1.520, até este dia 15 de maio, uma queda de 6%. Quanto aos demais municípios da comarca, Jardim Alegre e Lidianópolis também perderam eleitores, enquanto Arapuã manteve-se estável.

O chefe do cartório, Rafael Paschoal Teixeira Santos, não sabe precisamente o que causou essa queda no número de eleitores. Ele avalia que isso esteja relacionado ao grande número de títulos cancelados depois do cadastro biométrico realizado na comarca em 2019. É que, em função da pandemia da Covid-19, a Justiça Eleitoral autorizou que aqueles eleitores que não haviam feito o cadastro biométrico pudessem votar no pleito de 2020, porém eram obrigados fazer posteriormente. Muitos votaram, mas não fizeram a biometria depois das eleições e tiveram os títulos cancelados.