POLÍTICA

min de leitura - #

Aroldo Pagan afirma que Arapongas pode eleger dois deputados estaduais

Claudemir hauptmann

| Edição de 01 de setembro de 2022 | Atualizado em 01 de setembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Aroldo Pagan afirma que Arapongas pode eleger  dois deputados estaduais

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O vereador Aroldo Cesar Pagan (Podemos), que exerce o terceiro mandato consecutivo na Câmara Municipal de Arapongas, está em plena campanha na disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado. 

Segundo ele, ao contrário de quem diga que sua candidatura pode dividir votos no município, sua candidatura abre a possibilidade de que a cidade tenha dois deputados eleitos neste ano, quebrando um ciclo de quase 30 anos sem deputados locais. “Temos um colégio eleitoral de 80 mil votos. Mais do que suficiente para eleger duas pessoas. Então, nosso momento é justamente o de ampliar nossa representação política, eleger projetos que estejam comprometidos com as demandas de nossa sociedade”, afirma o vereador na série de entrevistas que o TNonline faz com os candidatos de toda a região.

“Temos, em toda essa região polarizada por Maringá e Londrina, um eixo com dois milhões de habitantes. Há votos para todos os candidatos. Em Arapongas, temos um eleitorado que, bem informado, é capaz de eleger dois deputados”, afirma Pagan. 

O vereador lembra que na última eleição para deputado, aproximadamente 200 candidatos receberam votos em Arapongas. “Isso é normal. Mas, para a cidade, politicamente, é ruim. Faço comparação com Apucarana, nos últimos 4 anos, que elegeu dois deputados. Arapongas não elegeu nenhum. Um prejuízo para sua representatividade”, afirma, lembrando que o atual deputado Pedro Paulo Bazana (PSD) assumiu a vaga quando um deputado eleito perdeu o mandato.

“Se a população entender a importância de ter alguém daqui, com um olhar municipalista, temos grande chance de ter mais representatividade. Teremos deputados eleitos de Apucarana e Arapongas para defenderem a região na Assembleia e na Câmara Federal. “Nada contra um ou outro candidato. Mas temos que pensar e amadurecer a ideia de conhecer as candidaturas locais, sempre mais comprometidas com as demandas locais e regionais”, comenta.

Pagan explica que sua candidatura vem sendo trabalhada em quase 50 municípios, cidades onde ele esteve e iniciou contatos ainda quando era diretor de trânsito em Arapongas e ministrou cursos. Também formado em Educação Física e concluindo curso de Direito, Pagan afirma que há tempos vem se preparando, inclusive cursando especializações em gestão pública e gestão e planejamento de trânsito. Ele explica que esportes, gestão de trânsito e segurança pública são suas prioridades nas propostas para um mandato de deputado estadual.