POLÍTICA

min de leitura - #

Cai abstenção nos municípios da região neste segundo turno

Fernando Klein

| Edição de 01 de novembro de 2022 | Atualizado em 01 de novembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Cai abstenção nos municípios 
da região neste segundo turno

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Onúmero de eleitores ausentes caiu no segundo turno nos 26 municípios do Vale do Ivaí mais Arapongas e Sabáudia, segundo dados da Justiça Eleitoral compilados pela Tribuna. Ao todo, 66.176 votantes faltaram no último domingo (30) nas seções eleitorais distribuídas na região, o que representou um índice de abstenção de 18,96%. Os 28 municípios somam 349.017 eleitores aptos a votar e 282.841 compareceram. 

No primeiro turno, em 2 de outubro, foram quase 70 mil eleitores que não foram votar na região (exatamente 69.823 ausentes), o que representou um índice de abstenção de 20%. 

A região repetiu tendência registrada em todo o País. Pela primeira vez, a ausência no segundo no turno foi menor que no primeiro. Desde 1989, em todas as disputas que foram para o segundo turno, havia crescimento da abstenção. 

Nas eleições deste ano, a ausência ficou em 20,91 % no primeiro turno e 20,59 % no segundo no País. Um recuo mínimo, mas que marcou uma mudança. 

Apucarana reduziu o índice de 20,21% no primeiro turno para 19,05% no segundo. Em 2 de outubro, 19,1 mil eleitores faltaram e, no último domingo, foram 17.995 ausentes. Em Arapongas, o número de faltosos caiu de 15.476 para 13.949 votantes. Assim, a abstenção reduziu de 18,74% para 16,89%. Veja no gráfico 

Na Comarca de Apucarana, que abrange também os municípios de Cambira e Novo Itacolomi, a votação foi tranquila no último domingo, assim como ocorreu no primeiro turno. Segundo o juiz da 28ª Zona Eleitoral, Rogério Tragibo de Campos, os eleitores puderam exercer o direito ao voto sem qualquer ocorrência de coação ou mesmo de pressão. “Tudo funcionou bem e o eleitor pôde fazer valer sua vontade na urna”, assegura.

O promotor eleitoral Eduardo Cabrini também destacou a tranquilidade das eleições em toda Comarca. “Foi uma votação muito tranquila. Desde cedo percorremos todos os colégios eleitorais, não somente em Apucarana, mas também em Cambira e Novo Itacolomi, e nenhuma intercorrência foi registrada”, assinalou. 

Em Apucarana, o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) obteve 70,60% dos votos válidos contra 29,40% do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O petista, no entanto, venceu a disputa presidencial com 50,90% dos votos válidos contra 49,10% do atual mandatário.