POLÍTICA

min de leitura - #

Datafolha: Lula mantém 45% e Bolsonaro oscila para 33%

Da Redação

| Edição de 15 de setembro de 2022 | Atualizado em 15 de setembro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, encomendada pela Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”, mostra que o ex-presidente Lula (PT) tem 45% das intenções de voto no primeiro turno da eleição presidencial, seguido pelo atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), com 33%. Ciro Gomes (PDT) tem 8% e Simone Tebet (MDB) tem 5%.

O cenário da corrida presidencial se mantém estável, aponta o Datafolha.

Em relação à pesquisa anterior do Datafolha, de 9 de setembro, Lula se manteve igual. Já Bolsonaro oscilou de 34% para 33% --a diferença entre eles é de 12 pontos. Ciro oscilou de 7% para 8%.Tebet tem os mesmos 5% da semana passada, e Soraya Thronicke (União Brasil) oscilou de 1% para 2%.

Felipe d’Avila (Novo), Vera (PSTU), Sofia Manzano (PCB), Constituinte Eymael (DC), Léo Péricles (UP) e Kelmon Souza (PTB) foram citados, mas não atingiram 1% das intenções de voto. Em branco/nulo/nenhum: 4% (4% na pesquisa anterior). Não sabe: 2% (3% na pesquisa anterior). A pesquisa ouviu 5.926 pessoas em 300 municípios entre os dias 13 e 15 de setembro. 

A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no TSE sob o número BR-04099/2022.

SEGUNDO TURNO

O levantamento indica que o ex-presidente Lula (PT) venceria o presidente Jair Bolsonaro (PL) em um eventual segundo turno. O petista venceria as eleições com 54% dos votos, contra 38% do atual presidente da República. Na pesquisa anterior, Lula venceria o segundo turno com 53%, contra 39% de Bolsonaro. 

DECIDIDOS

A nova Pesquisa Datafolha aponta que 3 em cada 4 eleitores estão totalmente decididos (78%) em que irão votar para presidente neste ano. Os que dizem que ainda podem mudar de voto são 21%.

O número dos que estão totalmente decididos é um ponto percentual acima do registrado no levantamento anterior, divulgado em 9 de setembro. A variação está dentro da margem de erro da pesquisa, de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

GOVERNO

A pesquisa do instituto Datafolha aponta ainda que o presidente Jair Bolsonaro é reprovado por 44% dos brasileiros, enquanto 30% o aprovam. Os que consideram a gestão regular são 25%.

Em relação à pesquisa anterior, divulgada em 9 de setembro, as avaliações apenas oscilaram dentro da margem de erro, de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os que reprovam eram 42% e agora são 44%; os que aprovam eram 31% e agora são 30%. Os que consideram regular permaneceram com a mesma porcentagem.

Quando comparado o cenário atual com o fim do ano passado, no entanto, o presidente aparece em uma posição mais confortável no momento. Em dezembro de 2021, 53% dos entrevistados consideravam o governo ruim ou péssimo, ante 22% que classificavam o presidente como ótimo ou bom.