POLÍTICA

min de leitura - #

Eleição da nova presidência da Amuvi movimenta prefeitos do Vale do Ivaí

Edison Costa

| Edição de 02 de dezembro de 2022 | Atualizado em 02 de dezembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Eleição da nova presidência da Amuvi movimenta prefeitos do Vale do Ivaí

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O presidente da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi), prefeito Luiz Carlos Gil (PSD), de Ivaiporã, após ouvir demais prefeitos, marcou para o próximo dia 14 a eleição da nova diretoria da associação para o biênio 2023/2024. O encontro será às 14 horas, em Ivaiporã, em local ainda a ser definido.

Embora tenha condições de disputar a reeleição, Carlos Gil ainda não decidiu sobre essa possiblidade, argumentando que sua prioridade no momento é pela composição de uma chapa única que possa manter a unidade de todos os prefeitos do Vale do Ivaí. 

Até agora, o único que manifestou a intenção de concorrer à presidência da Amuvi é o prefeito de Jandaia do Sul, Lauro Junior (União Brasil), que está no seu primeiro mandato à frente da administração municipal. É possível que até a data prevista surjam mais pré-candidatos.

“Estamos dispostos a, junto com os demais 25 prefeitos, unir forças ainda mais do que é hoje, fortalecendo todos os municípios e a nossa região”, diz Lauro Junior. Ele argumenta que tem como proposta ajudar a todos os municípios, mas principalmente aqueles de menor porte.

“Os municípios maiores já têm uma estrutura de servidores e de secretarias que é bem diferente dos municípios pequenos. Então, nosso objetivo é fortalecer os 26 municípios e, principalmente, aqueles que precisam de projetos de engenharia e arquitetônicos, entre outros, uma vez que temos uma grande limitação nesses municípios pequenos”, assinala.

O prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil, está há um ano na presidência da Amuvi. Na condição de vice, ele assumiu o lugar do titular Ylson Alvaro Cantagallo (PSD), o Gallo, prefeito de Faxinal, que ficou um ano no cargo e passou para o vice conforme combinado entre ambos para uma alternância no poder.

Em apenas um ano, Carlos Gil considera que foi possível fazer alguma coisa no sentido de fortalecer a associação e os 26 municípios que a compõem. Entre as principais ações, ele destaca a elaboração da “Carta Compromisso”, contendo 40 reivindicações do Vale do Ivaí, a qual foi entregue ao então governador e governador reeleito Ratinho Junior (PSD) e aos deputados estaduais e federais que representam a região. Entre essas prioridades constam a pavimentação da estrada ligando Borrazópolis a Porto Ubá, em Lidianópolis; a estadualização da rodovia ligando Apucarana a Rio Bom; construção de ponte sobre o Rio Ivaí entre Grandes Rios e Jardim Alegre; e incentivo à industrialização das cidades com menos de 50 mil habitantes, entre outras.

Sedes em Apucarana e Borrazópolis poderão fortalecer a associação

O presidente da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi), prefeito Luiz Carlos Gil (PSD), de Ivaiporã, considera que a definição de novas sedes, uma administrativa em Apucarana, e outra campestre em Borrazópolis, pode promover a união dos prefeitos da região e o fortalecimento cada vez mais da associação. A permanência da sede administrativa em Apucarana, mas num espaço histórico no centro da cidade, e a construção de uma sede campestre às margens do Rio Ivaí, em Borrazópolis, conforme Carlos Gil, representam um marco na história da Amuvi.

Ele observa que, além de uma unidade administrativa em Apucarana, com amplo espaço para reuniões, a Amuvi também terá um local em Borrazópolis para promover grandes eventos político-administrativos e festivos, podendo receber em seus encontros autoridades em nível estadual e federal.

A sede campestre em Borrazópolis vai ocupar uma área de 8 mil metros quadrados da Fazenda Ilha, às margens do Rio Ivaí, na Estrada Laranja Doce. O custo da obra está estimado em R$ 1,4 milhão e será bancado inicialmente pelos próprios municípios, conforme a capacidade financeira de cada um.