POLÍTICA

min de leitura

Felipe D´Ávila registra candidatura a presidente pelo Novo no TSE

Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 08 de agosto de 2022 | Atualizado em 08 de agosto de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu na semana passada o pedido de candidatura do cientista político Felipe D’Ávila (Novo) à Presidência da República. Como vice, foi registrado o administrador Tiago Mitraud (Novo).

D´Ávila declarou à Justiça Eleitoral R$ 24,6 milhões em patrimônio, a maior parte sob a rubrica “cotas ou quinhões de capital”, termo usado para designar participações societárias em empresas do tipo Ltda., por exemplo. Ele é o candidato mais rico entre os sete que pediram registro até o momento.

Todas as informações sobre a candidatura, bem como o plano de governo integral do candidato pode ser encontrado no portal de divulgação de candidaturas e contas da Justiça Eleitoral. (https://divulgacandcontas.tse.jus.br  )

O pedido de registro de candidatura na Justiça Eleitoral é o primeiro passo para a oficialização dos nomes dos candidatos que foram aprovados nas convenções partidárias e pretendem concorrer às eleições de outubro.

A Justiça Eleitoral pode receber novos registros de candidatura até 15 de agosto. No caso dos candidatos à Presidência, o TSE tem até 12 de setembro para julgar, aprovando ou recusando, todos os pedidos de registro, após analisar o atendimento ou não de todos os requisitos formais exigidos pela legislação eleitoral.

Oficialmente, a campanha eleitoral, quando os candidatos podem efetivamente pedir votos e divulgar seus números, começa em 16 de agosto.