POLÍTICA

min de leitura - #

Marina Silva defende Lula após protesto de bolsonaristas

Da Redação

| Edição de 06 de maio de 2022 | Atualizado em 06 de maio de 2022
Imagem descritiva da notícia Marina Silva defende Lula após protesto 
de bolsonaristas

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

A ex-ministra Marina Silva, da liderança da Rede Sustentabilidade, prestou solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta sexta-feira após o carro do petista ter sido cercado por simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro (PL) durante visita a Campinas, no interior de São Paulo, nesta quinta-feira.

Marina disse ser “inadmissível” o ataque de apoiadores do presidente à comitiva de Lula. “Isso não é política. É um ato de covardia. Me solidarizo com o pré-candidato Lula. Não se pode permitir que a violência política integre o processo eleitoral como tática para chegar ao poder”, escreveu Marina.

Nas redes sociais, vídeos compartilhados mostram o momento em que o veículo onde estava o petista é cercado por manifestantes quando deixava um condomínio fechado, onde Lula esteve presente para participar de um almoço em uma das residências. Após passar pelo primeiro bloqueio, o veículo acelera em alta velocidade.

Os protestantes vestiam camisas da Seleção Brasileira e portavam bandeiras do Brasil. O grupo xingou o ex-presidente enquanto o carro tentava seguir o caminho. (DAS AGÊNCIAS)