POLÍTICA

min de leitura - #

Novo Itacolomi busca qualidade de vida na cidade e no meio rural

Edison Costa

| Edição de 19 de março de 2022 | Atualizado em 18 de março de 2022
Imagem descritiva da notícia Novo Itacolomi busca qualidade de vida na cidade e no meio rural

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O prefeito de Novo Itacolomi, Moacir Andreola (PSD), é o entrevistado deste sábado do programa “De Olho na Cidade”, que vai ao ar às 16 horas no site TNONline, do jornal Tribuna do Norte. O programa de entrevistas especiais com prefeitos da região vem sendo apresentado todas as quintas e sábados, como forma de dar oportunidade para que os gestores públicos municipais possam fazer um balanço de suas realizações e falar dos seus projetos para 2022 e os anos seguintes.

Técnico agrícola licenciado como extensionista da antiga Emater-Pr, Moacir Andreola está cumprindo seu quarto mandato como prefeito de Novo Itacolomi. E todas as vezes que comandou a Prefeitura sempre direcionou um trabalho de controle de ações em benefício tanto da área urbana como da zona rural. Para o prefeito, a cidade precisa do meio rural para sobreviver, assim como o meio rural também depende de quem mora na cidade. Daí a necessidade de a gestão pública investir pesado nas duas áreas.

Sobre o que a administração municipal fez no ano passado, Andreola assinala que, apesar da crise da pandemia, ainda foi possível fazer muita coisa em favor da população de Novo Itacolomi. “O ano de 2021 foi um ano diferente, eu que estou no meu quarto mandato como prefeito senti muitas mudanças e dificuldades por conta da pandemia, mas nós temos conseguido bons resultados para o município”, assegura Andreola. Ele acrescenta que, mesmo numa situação desfavorável, conseguiu cumprir aquilo que foi proposto na época de campanha, num trabalho conjunto com o vice-prefeito Wilson Romualdo Lopes (PSL) e os vereadores. Ele acredita que em 2022 será possível conseguir mais ainda.

No caso da agricultura, por exemplo, Andreola cita várias ações desenvolvidas em benefício das comunidades rurais neste início de mandato, entre elas, o cascalhamento da maior parte das estradas rurais, além da aquisição de máquinas de apoio a esse trabalho. “Nosso município é composto por 43% da população vivendo na área rural, então temos que dar uma atenção especial para eles, pois nós tivemos muitos problemas com quatro anos de seca, a qual trouxe sérios prejuízos para o agricultor”, relata. “Quando a agricultura vai bem, todos os setores da economia vão bem, mas quando a agricultura vai mal todos os demais setores vão mal”, afirma, lembrando que esse ano será uma no caos na produção de soja. “Mas vamos continuar apoiando o pequeno agricultor, como sempre foi, com a patrulha mecanizada e outros atendimentos. Nosso objetivo é fazer com que os nossos agricultores e nossos habitantes tanto urbano quanto rural tenham uma qualidade de vida melhor”, completa. 

Investimentos são direcionados a setores básicos da gestão pública

Além da agricultura, o prefeito Moacir Andreola cita outros setores prioritários em Novo Itacolomi, como saúde, educação e geração de emprego e renda, além de infraestrutura urbana, habitação, esporte e lazer. São áreas que já vêm recebendo investimentos desde início do mandato.

No caso da educação, ele observa que houve um investimento de R$ 1 milhão na reforma e ampliação da escola, além de outros investimentos em materiais e uniformes escolares. Neste ano, professores estão tendo aumento de até 33,24% no piso nacional do magistério.

Na saúde foram feitas várias melhorias, entre as quais aquisição de micro-ônibus, ambulância e outros veículos. Também estão programadas melhorias na Unidade Básica de Saúde (UBS). Ainda nesta área, o prefeito Moacir Andreola lembra que Novo Itacolomi tem o melhor programa de vacinação contra a gripe H1N1 N2 do Brasil.

Na área de geração de emprego e renda há um programa específico de construção de barracões para abrigar empresas, que vem dando resultados positivos. E paralelamente a isso, a gestão trabalha na construção de mais casas para atender às famílias de trabalhadores.