POLÍTICA

min de leitura - #

Paraná vai pavimentar 100% das cidades menores de 20 mil habitantes até 2025

Da Redação

| Edição de 17 de novembro de 2022 | Atualizado em 17 de novembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Paraná vai pavimentar 100% das cidades
menores de 20 mil habitantes até 2025

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

O Paraná quer se consolidar cada vez mais como exemplo de sustentabilidade no Brasil e no mundo. Esse foi o destaque do discurso do governador Ratinho Junior na abertura oficial do encontro Governo 5.0 — Desenvolve Paraná — Sustentabilidade a Serviço da População, ontem em Foz do Iguaçu. No evento, Ratinho  Júnior já apontou algumas metas. Uma delas é pavimentar 100% da área urbana dos municípios com menos de 20 mil habitantes até 2025. 

O evento reúne prefeitos dos 399 municípios, secretários de Estado e deputados e tem a sustentabilidade como tema principal. O encontro é promovido pela Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (Sebrae/PR), com apoio do Governo do Estado. 

Para dar continuidade aos avanços no desenvolvimento urbano paranaense, o governo estima investir R$ 3 bilhões para pavimentar 100% da área urbana dos municípios menores.

Além da pavimentação asfáltica, as obras incluirão a construção de calçadas com acessibilidade para pessoas com algum tipo de deficiência física, além de iluminação em led e sistema de drenagem. 

O projeto deve começar já nos primeiros meses de 2023. Nesta primeira etapa, serão contemplados os municípios com população de até 5 mil habitantes, totalizando 98. Depois, a meta é em 2024 finalizar as obras nas cidades com até 10 mil habitantes e dar início nos municípios com até 20 mil, para concluí-las em 2025. Ao todo, 308 municípios serão beneficiados diretamente.

“Uma meta é diferente de uma promessa. Essa é uma meta coletiva. E temos que dar o primeiro passo. Vamos urbanizar 100% dos municípios até 5 mil habitantes a partir do ano que vem. Isso é possível e tenho plena convicção de que com as obras que tiramos do papel, ao lado dos municípios, vamos fazer o maior programa de pavimentação urbana do País” destacou Ratinho Junior.

Segundo o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, Augustinho Zucchi, a iniciativa do governador é inovadora e tem potencial de ajudar os pequenos municípios a se desenvolverem economicamente. “No Brasil, vai ser o primeiro programa de urbanização com esse alcance. Ao final, teremos mais de 300 municípios com 100% das áreas urbanas pavimentadas”, ressaltou.

Saúde garante recursos para AME de Ivaiporã

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), formalizou ontem um investimento de mais de R$ 203 milhões para a construção de dez Ambulatórios Médicos de Especialidades (AME). O anúncio também foi realizado pelo governador Ratinho Junior durante o evento Governo 5.0. 

Os ambulatórios prestam atendimento multiprofissional e regionalizado em parceria com os municípios para a realização de consultas e exames especializados de média complexidade. Os dez projetos iniciais contemplam as cidades de Campo Mourão, Cianorte, Cornélio Procópio, Irati, Ivaiporã, Jacarezinho, Paranaguá, Paranavaí, São José dos Pinhais e União da Vitória.

“É parte de um programa amplo de investimentos em regionalização da saúde. Em breve teremos essas novas unidades auxiliando municípios importantes do Paraná”, afirmou o governador, destacando a regionalização da saúde.

“Este pacote está voltado para o avanço no atendimento da média complexidade de especialidades médicas aos pacientes do Sistema Único de Saúde – SUS. Os projetos iniciais do AME começaram há quatro anos e agora sairão do papel. É um salto de qualidade no atendimento regionalizado, voltado para a melhoria na prestação de serviço para a população”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

O prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil, acompanhou a solenidade. O projeto do ambulatório que será instalado no município conta com 2,5 mil metros quadrados e a unidade vai atender a região da 22ª Regional de Saúde, sediada em Ivaiporã.

“Estou muito feliz. É um projeto que atende 16 municípios onde existe um vazio de medicina especializada”, comenta o prefeito, que destacou a importância do encontro. “É o Estado do Paraná mostrando o que pretende fazer nos próximos anos no caminho da sustentabilidade, em sintonia com o mundo”, afirma. 

Estado é referência em sustentabilidade

Por dois anos consecutivos, o Paraná foi considerado o Estado mais Sustentável do Brasil, de acordo com o Ranking de Competitividade dos Estados, e também recebeu o reconhecimento da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) como exemplo global de sustentabilidade.

“Esta é a oportunidade de consolidar a conquista do Paraná como o Estado mais sustentável do Brasil, fruto do trabalho feito com o Legislativo e com os prefeitos para criar um ambiente em que a preservação seja respeitada”, afirmou o governador. “Sustentabilidade não é um ponto final, mas um caminho que deve ser percorrido diariamente por todos nós, gestores públicos. O mundo enfrenta os desafios das mudanças climáticas e passa por uma transformação energética sem precedentes, o que exige grandes esforços de toda a sociedade para construir políticas mais inovadoras”.