POLÍTICA

min de leitura - #

Presidente da AMP divulga nota sobre proposta de mudança da sede da Amuvi

Da Redação

| Edição de 11 de novembro de 2022 | Atualizado em 11 de novembro de 2022
Imagem descritiva da notícia Presidente da AMP divulga nota sobre proposta de mudança da sede da Amuvi

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

    O presidente da Associação de Municípios do Paraná (AMP), José Aparecido Junior Weiller (prefeito de Jesuítas), distribuiu nesta sexta-feira nota à imprensa, se posicionando em relação à proposta de mudança da sede da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi).

“Sou contra essa proposta de mudança da sede administrativa da Amuvi, de Apucarana para Borrazópolis. Não se justifica tirar a entidade municipalista de uma cidade polo, que concentra todos os órgãos do Governo do estado e também da União, para se instalar em outra cidade de menor porte. Sem qualquer desmerecimento a Borrazópolis, mas não tem lógica”, comentou Junior Weiller.

Ele faz questão de frisar, no entanto, que a AMP se mantém imparcial neste processo e que não irá intervir. “A Amuvi, por meio de seus legítimos integrantes, que são os prefeitos, é soberana para decidir acerca deste processo”, assinalou.

O presidente da AMP, também citou como exemplo a situação da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (AMOP), da qual seu município, Jesuítas, faz parte. “A nossa sede administrativa está fixada na cidade polo que é Cascavel, como acontece em praticamente todas as microrregiões do Paraná”, citou.

Junior Weiller anunciou que está tentando dialogar com as partes para evitar uma divisão. Ele disse que esse caminho será buscado através de um interlocutor do Governo do Estado. 

A mudança da sede da Amuvi de Apucarana para Borrazópolis vem dividindo lideranças regionais. A proposta seria deliberada em assembleia geral da entidade marcada para última  quinta-feira (10) suspensa após liminar concedida pelo juiz Rogério Tragibo de Campos, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Apucarana, em ação impetrada pelo município de Apucarana – um dos 26 integrantes da Amuvi.

A proposta da atual diretoria da Amuvi, presidida pelo prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil, é transferir a sede para um terreno de 8 mil metros quadrados em Borrazópolis, na Fazenda Ilha. A fazenda é de propriedade de Carlos Gil, que anunciou intenção de doar a área para construção da nova sede.

A sede da Amuvi em Apucarana foi adquirida em 1998 na Travessa Carlos Krizanosvki. A alienação deste imóvel para investimento na nova sede também era um ponto previsto na assembleia da associação que foi suspensa pela liminar.