POLÍTICA

min de leitura

Tarcísio defende integração de comandos da PM e da Polícia Civil

Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil (via Agência Brasil)

| Edição de 19 de outubro de 2022 | Atualizado em 19 de outubro de 2022
Imagem descritiva da notícia Tarcísio defende integração de comandos da PM e da Polícia Civil

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Imagem ilustrativa da imagem Tarcísio defende integração de comandos da PM e da Polícia Civil
O candidato do Republicanos ao governo do estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas, defendeu hoje (19) a integração entre o Comando-Geral da Polícia Militar e a Diretoria-Geral da Polícia Civil. De acordo com o candidato, a medida tem como objetivo deixar os comandos das polícias mais próximos do governador.

“O que é necessário é ter uma integração entre Comando-Geral da Polícia Militar e Diretoria-Geral da Polícia Civil, acabando com o escalão intermediário, com as secretarias executivas. Eu preciso do comandante-geral da PM e da direção-geral da Polícia Civil mais próximos do governador”, disse o candidato em entrevista coletiva na capital paulista.

Notícias relacionadas:

Tarcísio ressaltou que pretende manter a Secretaria de Segurança Pública (SSP), mas que o modelo ideal de gestão da área da segurança ainda será debatido com especialistas. “A ideia é manter a SSP e trabalhar numa colaboração Polícia Civil - Polícia Militar, que é o que vai funcionar. Você só vai ter segurança pública de qualidade se você trabalhar com a integração das forças policiais”, disse. "Entendo que o melhor modelo, obviamente a gente sendo eleito, vamos desenhar com os especialistas em segurança pública".