CIDADES

min de leitura - #

Acia confirma realização da Festoque e outros eventos

DA REDAÇÃO

| Edição de 09 de fevereiro de 2022 | Atualizado em 17 de fevereiro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

Após dois anos com restrições à realização de eventos presenciais, a diretoria da Associação Comercial Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia) anunciou ontem que vai retomar o calendário de atividades, incluindo a Festoque, tradicional feira de ponta de estoque do comércio varejista que acontece em setembro.

A decisão foi tomada pela diretoria, que voltou a se reunir de forma ordinária anteontem. O presidente da Acia, Wanderlei Faganello, explica que após 2 anos de pandemia, as ações devem começar a ser presenciais novamente. “Estamos vendo grandes eventos como a Expo Londrina e Coopavel, por exemplo, sendo confirmados. Shows e jogos de futebol com presença de grande público. A vida voltando a uma nova rotina, que ainda necessita de cuidados”, frisa Faganello.
A Acia já começou a planejar as Campanhas do Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia dos Pais. “Temos um grupo de empresários que discute o melhor formato e premiação destas datas. Isto tem dado ótimos resultados a todos”, ressalta Faganello.
Para o segundo semestre, a Acia está planejando a realização da Festoque para o mês de setembro e o Mérito Empresarial para outubro. “São dois eventos distintos. A feira de promoções para o público em geral e o Mérito para as empresas que jubilaram em 2020, 2021 e neste ano de 2022. Será um grande desafio, mas vamos seguir todas as determinações exigidas pelos órgãos competentes”, adianta Faganello.
Outra ação que ainda será confirmada nos próximos dias é a data de formação do condomínio e lançamento da pedra fundamental do Centro Empresarial Acia. “Já temos o número de salas vendidas para darmos início à obra. Estamos fazendo a limpeza do terreno para nos próximos dias iniciar de forma oficial a construção do maior empreendimento da história de Apucarana”, conclui Faganello.