CIDADES

min de leitura - #

Agências colocam 1.072 pessoas no mercado de trabalho da região

Renan Vallim

| Edição de 15 de junho de 2018 | Atualizado em 25 de janeiro de 2022

Fique por dentro do que acontece em Apucarana, Arapongas e região, assine a Tribuna do Norte.

De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego, o Paraná foi o estado brasileiro que mais intermediou vagas pelas Agências do Trabalhador no primeiro trimestre deste ano. Das 137.429 vagas intermediadas pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine), 34.691 foram ocupadas no Estado. Na região, as oito agências colocaram 1.072 pessoas no mercado de trabalho entre janeiro e maio deste ano.

Imagem ilustrativa da imagem Agências colocam 1.072 pessoas no mercado de trabalho da região

De acordo com dados da Secretaria Estadual da Justiça, Trabalho e Recursos Humanos, 3.318 pessoas submeteram seus currículos nas agências da região (Apucarana, Arapongas, Cambira, Faxinal, Ivaiporã, Jandaia do Sul, São João do Ivaí e São Pedro do Ivaí). No período, 1.908 vagas foram ofertadas por empresas da região. As agências fizeram 7.028 encaminhamentos para entrevistas de emprego e 1.072 vagas foram preenchidas. O número de encaminhamentos é maior porque um único candidato pode ser encaminhado para várias vagas, bem como uma única vaga pode ser alvo de vários candidatos.
Em Apucarana, foram 179 pessoas colocadas no mercado de trabalho no período através da agência local, que encaminhou 1.893 candidatos. Nos cinco primeiros meses do ano, 753 pessoas foram inscritas no sistema e 563 vagas foram abertas. Gerente da Agência do Trabalhador de Apucarana, Rodrigo Lievore afirma que os números são positivos.
“É um número razoável, mas que pode melhorar, visto que a cidade tem potencial para mais. Neste sentido, estamos trabalhando bastante junto às empresas. Novas vagas estão surgindo, sobretudo na duplicação da BR-376, que deverá abrir mais de 50 novas vagas em Apucarana até a próxima semana. Em um ano com greve dos caminhoneiros, Copa do Mundo e eleições, precisamos trabalhar bastante e manter-nos otimistas”, destaca.
Josiane Marques é psicóloga e integra a equipe de Recursos Humanos de uma empresa têxtil de Apucarana, uma das que mais oferta vagas na agência. Segundo ela, a parceria com o órgão é muito importante. “Utilizamos os serviços da Agência do Trabalhador com frequência, sempre que precisamos preencher alguma vaga. Através do sistema, conseguimos ótimos profissionais para nosso quadro de funcionários. Esta é uma parceria muito positiva”, destacou.
Em Arapongas, foram 439 trabalhadores colocados no mercado de trabalho pela agência local, que recebeu 1.374 inscrições no sistema e realizou 3.546 encaminhamentos. Foram 563 vagas abertas no período. “Em meio a uma situação política e econômica atribulada, e um número positivo de colocações. Estamos nos empenhando bastante e queremos continuar aumentando estes números”, destaca Queli de Sousa Mira, gerente da agência local.

IVAIPORÃ
Em Ivaiporã, foram ao todo 172 colocações. A agência local fez 457 encaminhamentos, recebeu 501 inscrições de pessoas buscando emprego e 151 ofertas de vagas de empresas. “Estamos com uma tendência de aumento no número de colocações, sobretudo por conta do agronegócio. Acredito que nossos números ficarão ainda mais positivos ao longo do ano”, diz Joice Mara dos Santos, gerente da unidade.

Paraná é destaque nacional em colocações 
Uma em cada dez vagas de emprego geradas no Paraná no primeiro trimestre deste ano foi intermediada pelas Agências do Trabalhador. As 34.691 pessoas que conseguiram emprego pelo sistema correspondem a 11,1% de todas as 312.288 admissões registradas no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados no Paraná (Caged) nos três primeiros meses de 2018. Em todo o país, 159.932 pessoas conseguiram emprego por meio do Sine 
Para o governo, os números confirmam uma tendência positiva no Estado. Dos 508.189 empregos intermediados pelo Sine durante o ano passado, 107.978 foram nas Agências do Trabalhador instaladas no Paraná, o que representa 21% do total. “Pelo segundo ano consecutivo, o Paraná ficou à frente de estados maiores. São Paulo, que é praticamente um país, ficou em segundo lugar na intermediação de vagas, com 74.178 empregos ofertados no período pelas Agências do Trabalhador”, comentou a governador Cida Borghetti, que entregou nesta semana 22 automóveis para Agências do Trabalhador do estado. Apucarana também foi contemplada.